Sábado, 17 de Novembro de 2007

Porque sim!...

Porque é que nós Gays,

preferimos os homens?

 

De vez enquanto pego numa ou outra revista mais antiga vou lendo uns trabalhos que logo à partida, o seu título me desperta algum interesse para retirar ideias para os meus escritos. Foi o que aconteceu com este que aqui publico pois acho interessante até porque é um tema que gosto de desenvolver e como não tenho respostas para tudo achei que devia compartilhar consigo que também procura respostas e não as encontra.

Eu não teria escrito melhor.

Então aqui vai:


     ”Fico perdido a olhar para o tecto do quarto a pensar porque será que nós, Gays, preferimos os homens? Ficou-me essa questão para digerir, pensar e ruminar sobre o tema. Confesso que é mais difícil do que parece dar uma resposta a algo que poderia parecer tão simples. Bem, porque é que eu prefiro homens às mulheres? Por falta de ter experimentado o sexo feminino não foi, já estive com mais mulheres do que maior parte dos meus amigos “hetero”! Dando a volta à questão: Porque é que maior parte dos homens preferem as mulheres? Pensando bem também não há resposta científica a isso, e quando levei a questão a casais hetero meus amigos deram aquela resposta que não admite réplicas nem dúvidas: «Porque sim!».


     Realmente “porque assim” é a melhor resposta. No final de contas deveremos gostar de homens pelos mesmos motivos que a maioria das mulheres gostam do sexo masculino – cerca de 90% a acreditar nas estatísticas mais consensuais. Queridas leitoras, conseguem enumerar as razões objectivas porque a maioria de vós gosta de homens? Será pelo aspecto masculino? Pelos ombros largos? Pela face áspera da barba? Ou simplesmente pelo órgão sexual que nos caracteriza a nós, homens? Não sei porque razão os Gays, preferem os homens, mas de uma coisa tenho a certeza: a razão é plural e à “razão” de uma por cabeça, ou seja: cada um de nós tem as suas razões e eu querer dar aqui a “resposta solução” era incorrer num erro que não me perdoavam.


     A preferência por pessoas do mesmo sexo nem se deve a ter alguém “mais semelhante” a nós. Não pense que um casal de lésbicas passa o dia a discutir dietas, perfumes e dos últimos episódios das novelas. Elas podem ser tão diferentes como numa relação heterossexual. Eu e o meu companheiro não passamos o dia a discutir futebol ou o último modelo de carro que saiu! Temos os mesmos problemas que a maioria das pessoas, acrescidos de muitas vezes não os podermos resolver em conjunto. As poucas vantagens duma relação gay é eu poder usar algumas coisas que o meu namorado usa. Imagine uma relação em que tem outra pessoa a quem recorrer quando precisar de um vestido, dum batom ou de um tampão nos dias mais chatos!


     Quase sempre, o querer saber a razão dos gays gostarem de homens leva à questão da existência dos gays ou das diferentes orientações sexuais. Já agora, caras leitoras é esta a designação correcta: não são opções mas sim orientações. Opção é eu poder levar uma vida heterossexual apesar de me sentir atraído por homens! Continuando: mais uma vez na questão do motivo da existência de diferentes orientações sexuais as respostas estão longe de serem consensuais, únicas e aceites. Uns dizem que é genético, outros dizem que é social, outros educacional, outros ocasional, a existência duma “mãe castradora”, a não existência da mãe, o tamanho dum lóbulo da hipófise, a falta de um modelo masculino, a falta de convívio com raparigas durante a infância, ou então a convivência obsessiva com raparigas durante a infância! Até já ouvi que a explicação básica para tudo isto resume-se em para que lado está a curvatura do pénis! Como vêem as tentativas de resposta à existência de diferentes... diferentes quê? Diferentes orientações sexuais (muito bem) são tão variadas, díspares e antagónicas que é impossível dar a “resposta solução”.


     Portanto, caras leitoras, o meu conselho é: se tiverem um amigo gay, uma colega lésbica, um filho, um pai, um irmão, ou quem sabe um marido homossexual, não percam tempo a tentar entender porque é que ele se sente atraído por pessoas do mesmo sexo. Percam antes tempo a demonstrarem-lhe que gostam dele/dela e que apesar da sua diferente orientação sexual vocês tem força para superar o preconceito e encontrar nele ou nela o ser humano maravilhoso/a que ele/ela é!

 

Nelson Camacho


Artigo originalmente publicado na Cosmopolitan nº 124, Agosto 2002

 

Estou com uma pica dos diabos: Mas estou indeciso
música que estou a ouvir: Sapore di Sale
publicado por nelson camacho às 00:59
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Zé Pedro a 25 de Novembro de 2007 às 21:06
Belo texto que você descobriu e nos divulgou embora não seja seu. Já vi os outros feitos por si e estou satisfeito.Continue na mesma linha que vai bem.
Também gosto dos que publica no outro seu blog "Histórias & historietas Eróticas" são textos interessantes e que não ofendem ninguém, pois não são pornograficos mas sim literários.
Um abraço deste seu leitor
Pé Pedro
De Luiz de Matos a 25 de Novembro de 2007 às 21:10
Que boa fotografia e que bom texto.Exclarece muitas duvidas. Obrigado por existir.
Apropósito, o cantor que aperece do lado direito deste blog, não é você?
Tenho uma vaga ideia do seu nome na rádio
Bem haja
Luiz de Matos
De sara a 8 de Fevereiro de 2008 às 11:08
Se é difícil conseguir responder à pergunta " porque é que um homem gosta de outro homem" tenta responder-me a esta pergunta " porque é que um homem pode não gostar de mulheres? (no sentido do contexto do post, claro). Achas que é medo de gostar ou simplesmente não dá!?

Comentar post sem tretas

.No final quem sou?

.pesquisar

 

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. A busca de ser importante...

. Palavras de Hitler

. Um dia, num lar de idosos...

. Eu era homofóbico

. A prostituição mora no Pa...

. Um amigo colorido

. Namorados

. A Intrusa

. Sábado chato para um amig...

. Um Recado

.arquivos

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. Sai do armário e mãe pede...

. Eurovisão

. Depois de "All-American B...

. Raptada por um sonho ...

. Crónica de um louco senti...

. Terminei o meu namoro!!‏

. Dois anjos sem asas...

. Parabéns FINALMENTE!!!!

. Guetos, porque não?

. “Porque razão é preciso t...

.A Tua visita conta

web counter free

.Sempre a horas para criticar

relojes web gratis

.Art. 13, n.º 2 da Constituição

Ninguém pode ser privilegiado, benificiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual.
blogs SAPO

.subscrever feeds