Quinta-feira, 22 de Novembro de 2007

A Ginjinha do Rossio, já era

 A velha Ginjinha do Rossio, já era.

 

     Mas afinal de contas o que é que os cidadãos estrangeiros teem a ver com a Ginjinha do Rossio? Para mim era um marco turístico como existem muitos no estrangeiro, onde nós gostamos de ir e ninguém nos chateia.

 

Segundo o  Jornal de Notícias num dos seus últimos artigos vem dizer que a Ginjinha do Rossio fechou por ordem da ASAE, esclarecendo o facto da seguinte forma: “O principal objectivo foi a fiscalização de estabelecimentos de restauração e bebidas e o controlo de cidadãos estrangeiros, que habitualmente se concentram na zona. Trinta pessoas foram conduzidas à polícia por falta de identificação, duas foram detidas por permanência ilegal no país e quatro notificadas para abandonar o território nacional”

 

Mas desde quando se aproveita um estabelecimento que tem décadas e por onde todo o português que vem a Lisboa ia tomar a sua ginjinha e até comprar uma garrafa. Há até uma anedota que se conta que é a seguinte:

 

- Dois gays, mas tipo bicha, resolvem ir à ginjinha tomar a dita, mas como um deles tem uma voz muito gutural e tikes muito bichanados, o amigo advertiu.

- Olha! Vê lá se pedes a bebida com voz de homem.

- Tá descansado que eles não vão dar por nada!,disse o colega de imediato. Assim, entrou no estabelecimento e com ar todo gingão e a voz o mais grossa possível pediu.

- Olhe senhor, dê-nos duas gingas.

- Com elas ou sem elas! Retorquiu o empregado.

- O tal rapaz, olhou para o empregado com um olhar muito fixo, e com uma voz ainda mais gutural que o seu normal, colocou as mãos nas ancas e disparou.

- Sem elas credo! Por quem me toma?

-------------------------------   -------------------------

Bem, como não sou de intrigas, fui a Lisboa para ver se era verdade.

 

De facto a Ginjinha estava de portas fechadas, mas pasme-se; nas redondezas, ou seja, junto à sua porta, no Rossio e na Praça da Figueira lá continuavam os tais cidadãos estrangeiros que ninguém sabe o que andam por cá a fazer, a trabalhar não é pois são sempre os mesmos e andar por lá durante todo o dia.

 Já nem se pode estar na esplanada da Suiça, sem sermos de imediato assediados para a compra de uma arma ou um charro. Mas isso a ASAE não vê, assim como a polícia também faz vista grossa.

Afinal de contas ao que é que este Governo quer? Acabar com as nossas tradições?

Não sou saudosista mas derivado a coisas que se estão por cá a passar, começo a ter saudades do Salazar.

Como alguém dizia: Se ASAE fosse de armas e bagagens para Madrid, se calhar, também ia fechar cafés com séculos como os : Café Central, La Trucha, Sobrino Botin, Casa Alberto, Toscana e tantas outra congéneres que por lá existem.

Bem, mas isso é outra história porque os espanhóis não são parvos e os puritanos da ASAE já tinham sido corridos.

Vou deixar-lhes umas fotografias dos tais cafés que para nosso gáudio ainda por lá estão e estarão, e viva a Espanha.

Se calhar a ASAE também fechava estes. (sempre queris ver)

Café Central e Botin

Café La Trucha e Toscana

Café Casa Alberto e Viva Madrid

Nota: Não façam dos meus blogs só leitura, comentem-nos também.

Nelson Camacho D'Magoito

Estou com uma pica dos diabos: e com raiva
música que estou a ouvir: Tristeza não em fim
publicado por nelson camacho às 13:55
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Eduardo de Lima a 10 de Março de 2008 às 19:21
Respondam-me urgente: já reabriram a Ginjinha do Rossio? Se não reabriram é que estão a faltar homens em Lisboa.
De nelson camacho a 18 de Março de 2008 às 02:25
Meu caro Eduardo Lima, não sei se já reabriram a Ginjinha do Rossio, pois ainda não tive a oportunidade de ir a Lisboa, mas se o teu problema é encontrares homens, tens o "Mercado das noviças" que é a Estação de comboios do Rossio, que este sim, já abriu.
Diz-se que antigamente era bom. Havia para todos os gostos, por isso lhe chamavam o "Mercado das noviças". Porque não vais até lá? Pode ser que te safes.

Comentar post sem tretas

.No final quem sou?

.pesquisar

 

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Um amigo colorido

. Namorados

. A Intrusa

. Sábado chato para um amig...

. Um Recado

. As Borboletas

. Estou na prisão do tempo

. As minhas procuras no Nat...

. Pequenas coisas

. A história do Pátio do Ca...

.arquivos

. Setembro 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. Sai do armário e mãe pede...

. Eurovisão

. Depois de "All-American B...

. Raptada por um sonho ...

. Crónica de um louco senti...

. Terminei o meu namoro!!‏

. Dois anjos sem asas...

. Parabéns FINALMENTE!!!!

. Guetos, porque não?

. “Porque razão é preciso t...

.A Tua visita conta

web counter free

.Sempre a horas para criticar

relojes web gratis

.Art. 13, n.º 2 da Constituição

Ninguém pode ser privilegiado, benificiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual.
blogs SAPO

.subscrever feeds