Segunda-feira, 26 de Setembro de 2011

A José Niza

José Niza na sua escrita solitária

25 de Abril sempre

 

Um dos maiores êxitos do José Niza e de José Calvário foi “E Depois do Adeus”, canção que se tornou emblemática para a Revolução dos Cravos de 74, na medida em que foi utilizada, conjuntamente com (Grândola Vila Morena” de José Afonso),

pelos Capitães de Abril para ser transmitida pela Rádio Clube Português como senha para avanço até Lisboa das tropas revolucionárias contra o regime de então que viria a terminar com o fascismo existente em Portugal na altura.

José Manuel Niza Antunes Mendes, ou simplesmente José Niza como gostava que o chamassem, nasceu em Lisboa a 16 de Setembro de 1938 e viria a deixar-nos em Santarém a 23 de Setembro de 1911.

Foi médico, compositor e político.

José Niza ganhou como letrista quatro festivais da canção da RTP

Não vou aqui explanar toda a sua obra pois basta clicar em qualquer motor de busca da internet o seu nome e logo aparece quem era o Zé Niza.

Venho aqui, com a maior simplicidade possível agradecer a sua passagem por este espaço de tempo a que todos estamos sujeitos e obrigado por várias vezes nos termos encontrado nos escritórios do Arnaldo Trindade para resolver um problema que nunca foi concretizado.

“E Depois do Adeus” já toda a gente conhece para vos obrigar, entre aspas, a ouvir. Vou somente dedicar-vos uma adaptação de José Niza do poema da galega Rosália de Castro de 1970 mas com musica do Zé Niza “Cantiga para os que partem, interpretada por António Bernardino.

Um dia voltaremos a nos encontrar.

Até sempre
Nelson Camacho

 

Estou com uma pica dos diabos: Com saudades
música que estou a ouvir: Eles comem tudo eles comem tudo
publicado por nelson camacho às 07:02
link do post | comentar | favorito
|

.No final quem sou?

.pesquisar

 

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. A busca de ser importante...

. Palavras de Hitler

. Um dia, num lar de idosos...

. Eu era homofóbico

. A prostituição mora no Pa...

. Um amigo colorido

. Namorados

. A Intrusa

. Sábado chato para um amig...

. Um Recado

.arquivos

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. Sai do armário e mãe pede...

. Eurovisão

. Depois de "All-American B...

. Raptada por um sonho ...

. Crónica de um louco senti...

. Terminei o meu namoro!!‏

. Dois anjos sem asas...

. Parabéns FINALMENTE!!!!

. Guetos, porque não?

. “Porque razão é preciso t...

.A Tua visita conta

web counter free

.Sempre a horas para criticar

relojes web gratis

.Art. 13, n.º 2 da Constituição

Ninguém pode ser privilegiado, benificiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual.
blogs SAPO

.subscrever feeds