Domingo, 17 de Fevereiro de 2008

PROTECÇÃO aos intérpretes

Comentadores que não deviam ser!

 

     Antes que esta me escape, aqui vai mais uma critica a alguns comentadores que se dedicam a comentar noticias e outras coisas mais, uma vezes sem entenderem bem o que outros escrevem (em relação a textos que proliferam na net) e outras vezes sobre noticias sérias que são dadas nos jornais e revistas e ou porque não entendem bem o seu contexto, aproveitando esse espaço para darem a sua opinião sobre outros assuntos que nada têm a ver com a noticia que estão a comentar.

 

     Eu explico melhor:

 

     Por acaso na busca de notícias da União Europeia, fui encontra no Publico um sobre a vigência dos direitos de autor dos intérpretes, que passo a transcrever, para quem me lê não tenha o trabalho de lá ir.

 

     O Publico da sua edição de 14 do mês e ano corrente diz assim:

 

-Actualmente estão protegidos durante meio século

Bruxelas quer aumentar direitos de autor de intérpretes para 95 anos 

14.02.2008 - 15h10 AFP

A Comissão Europeia vai propor um aumento da vigência dos direitos de autor dos intérpretes europeus de 50 para 95 anos, anunciou hoje o comissário do Mercado Interno, Charlie McCreevy, em conferência de imprensa.

“O comissário explicou, ainda, que não encontra “uma razão que justifique que um compositor beneficie da protecção dos seus direitos durante toda a sua vida e 70 anos depois de morrer, enquanto um intérprete só tem os seus direitos assegurados durante 50 anos, o que às vezes sem sequer cobre a sua vida”.
A proposta poderá ser adoptada ainda durante o verão do presente ano.”

                    -----------------------------------------------------------------------------

 

     Pois bem: sobre esta notícia logo aparecem uns senhores alguns anónimos a falar sobre a questão, e que dizem?

 

     Uns, dizem: “ Assim, é “matar” os autores……. Os subsídios são dados se a obras estiver de acordo com o “regime”.   

     Outros comentam: “ Assim, se vêm os poderes e intenções da empresas discográficas………….

     E ainda há os outros que se aproveitam deste espaço para publicitar o seu “Desconcerto Manifestação Ensino Artístico…………………….

 

     Meus amigos tenham dó!

 

     Comentar assim uma boa ideia emanada da Comissão Europeia sobre um assunto que já se arrasta á décadas e que diz respeito ao trabalho e subsistência de milhares de cidadãos é mesmo estar a gozar com quem trabalha nas artes e que poucos ou nenhuns apoios têm dos governos.

 

     A pretensão do Sr. Comissário do Mercado Interno na Comissão Europeia, Charlie McCreevy, nada mais é que fazer justiça sobre um assunto humano, ao querer alterar o tempo de duração da protecção dos direitos dos intérpretes que hoje é de cinquenta anos contra a protecção que é dada aos compositores e autores que vai para além do seu tempo de vida.

 

     Escrever um poema ou uma música, custa e leva anos a conseguir-se ser-se perfeito, (É preciso muito saber e vivência de vida), mas todo esse saber ficaria na gaveta se não existissem os intérpretes, (que também não é para todos).

 

     Dizer as palavras, acompanhadas com música ou não e dar-lhes o verdadeiro sentido para que chegue ao público e este entenda o que vai na alma do seu compositor, também leva anos de estudo e de preparação física.

 

     Infelizmente, há por ai muitos que o querem fazer, mas na verdade só fazem má figura, mas esses morrem à nascença.

 

     Quem não deixa esquecer os poetas e os músicos, são os artistas, actores e cantores, que pintam a cara, que choram, riem e dão o suor.

 

     Por todas estas razões, estou totalmente de acordo que se dê aos dizeres a mesma regalia que aos autores, até porque o tempo de vida actual já vai para além dos noventa anos e felizmente ainda vimos grandes dizeres e cantores com longa idade a pisarem os palcos com grande dignidade.

 

A propósito: Simone de Oliveira no dia 25 deste mês comemorara 50 ANOS DE CARREIRA num grandioso espectáculo no Coliseu dos Recreios em Lisboa.

 

Aproveito para lhe dar os meus parabéns.

 

Nelson Camacho D’Magoito

 

Estou com uma pica dos diabos: satisfeito
música que estou a ouvir: Sol de Inverno
publicado por nelson camacho às 22:58
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 11 de Fevereiro de 2008

Mato-te

Recebi por Mail

 

“Mato-te se voltares a comentar o meu blog” seguido de palavras ofensivas impróprias para serem divulgadas em qualquer sítio da Internet, assim como outras ameaças, foi o que recebi via e-mail de um comentador.

 

As suas ameaças (talvez por não perceber nada da Internet) foram enviadas em estilo de comentário para um post que nada tem a ver com o assunto. Se percebesse, logo veria que estas ameaças-comentário não seriam publicadas, por muito que isso lhe desse gozo, porque tenho respeito por quem me lê.

 

A pessoa a quem me refiro não só é de maus instintos como homofóbico, xenófobo, prepotente e racista, faltando-lhe um pingo de senso pela liberdade de expressão e escrita que a revolução de Abril de 74 veio trazer aos portugueses.

 

Este senhor é livre de escrever na Internet o que muito bem lhe apraz, desde que não ofenda os princípios e a moral dos outros.

 

Acho muito bem que utilize blogues para divulgar a sua vida pessoal e particular, tais como fotografias de casamentos, festas e promoções particulares, mas devia saber que este espaço é de livre acesso a todos os bloguistas, portanto, sujeito a comentários sobre este ou aquele tema ou fotografia, (se não quiser receber comentários está lá um botãozinho que se clica).

 

Se este senhor tivesse algum interesse social, tivesse feito algo de interesse na vida e fosse comentado num programa de TV, sobre a sua vida privada e pessoal, como são as figuras públicas, gostava de saber se também ameaçava de morte os seus comentaristas e quiçá a direcção da TV em questão.

 

Meu caro quem precisa de um médico é o Senhor, mas não um vulgar, certamente um psiquiatra.

 

Para que se saiba, o comentário que fiz foi a uma fotografia onde você está acompanhado de dois cães e eu digo: “Entre os três não sei qual é o mais lindo”. Foi uma simples graça, mas se o sente mais feliz, um dos cães é de facto lindo!. Um outro comentário foi a uma fotografia onde você está no chão com outro em termos de luta, em que eu digo ”Que grande rebaldaria… “

 

Aconselho-o a não chamar aos outros aquilo que não sabe de fonte segura e não tenha inveja. Antes de você nascer já eu tinha dois filhos, escrevia os meus comentários críticos em termos de escrita e na rádio.

 

Se alguma ideia tirou sobre a minha pessoa tire dai o sentido, na medida em que este blog é um espaço de ideias, criticas e emoções e o outro, são histórias de pura ficção literária e alertadas para leitura de maiores de 18 anos.

 

Meu caro, não vou perder mais tempo consigo, nem tão pouco abrir o seu blogue, não porque tenha medo que me mate, mas porque não tem qualquer interesse, (é um bloge para meia dúzia de amigos) e você é de uma estirpe que já não se usa.

 

Este meu desabafo é o meu direito a resposta, porque a liberdade de expressão e escrita assim o define.

 

Nelson Camacho D’Magoito

Estou com uma pica dos diabos:
música que estou a ouvir: Tristeza não tem fim
publicado por nelson camacho às 22:30
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 10 de Fevereiro de 2008

Carta aberta

            Istanbul     

 Há situações no Mundo que têm que ser divulgadas sem medos “porque a descansar não se conquista nada” não podia ficar indiferente a um apelo feito pelas Associações Internacionais LGBT, sobre o que se passa na Turquia em relação ao estar tentando impedir o direito de livre associação de lésbica, gay, bi, trans e intersexual (LGBTI).

      O impedimento deste tipo de associações, atenta contra os princípios do cidadão livre, ou seja, contra a democracia.

 

      Com base nos princípios que ganhei com a revolução de Abril, junto-me ao apelo em forma de CARTA ABERTA efectuado por Associações LGBT, para que A LAMBDA ISTAMBUL não seja ilegalizada!

 

      Assim, com o devido respeito e carinho pelas associações que propuseram tal carta aberta, aqui transcrevo na íntegra tal petição.

 

-----------------------------------------------------------------------------------

“ Terça-feira, 29 de Janeiro de 2008

A LAMBDA ISTAMBUL não deve ser ilegalizada!


Carta aberta

Associações LGBT apelam ao governo português, União Europeia e autoridades turcas
A LAMBDA ISTAMBUL não deve ser ilegalizada!

Ao Primeiro-Ministro,
Ao Governo,
Ao Ministro dos Negócios Estrangeiros,
À Comissão Europeia,
À Embaixada da Turquia em Lisboa.


Na próxima quinta-feira, 31 de Janeiro de 2008, o Supremo Tribunal turco retoma um processo judicial que visa a dissolução da associação lésbica, gay, bi, trans e intersexual (LGBTI) turca Lambdaistambul, e a condenação dos seus responsáveis. A LambdaIstambul é uma associação activa na defesa dos direitos das pessoas LGBTI, organiza a Marcha pela visibilidade em Istambul, e trabalha no apoio às pessoas LGBTI mais isoladas, bem como na prevenção da Sida e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis.

Na primavera de 2007, a LambdaIstambul tentou registar-se como ONG, ao que o governo de Istambul exigiu a sua dissolução, recusada pelo procurador-geral. No entanto o governo local levou a exigência de dissolução ao Supremo Tribunal, que aceitou processar a LambdaIstabul.

Desde Junho de 2007, a pressão judicial, as ameaças de dissolução da associação e de condenação dos seus responsáveis são incessantes, sendo que a própria legislação turca não criminaliza as pessoas LGBTI. Duas audiências já tiveram lugar em Julho e Outubro de 2007.

Esta é a primeira vez que a Justiça Turca se vai pronunciar sobre o direito de reunião e associação de pessoas com base na orientação sexual ou identidade de género, num processo cuja argumentação de base é a alegada “imoralidade” dos fins da associação, que seriam contrários ao código civil turco. A decisão sobre a legalidade ou não da existência da LAMBDAISTAMBUL é uma decisão que afectará o conjunto das associações LGBTI naquele país, que se encontram a funcionar legalmente há vários anos, arriscando condenação o conjunto dos seus responsáveis.

A existência das associações e colectivos LGBTI é uma necessidade evidente e uma questão de Direitos Humanos, não apenas na Turquia, mas em todo o mundo, face à universalidade da marginalização e discriminação a que estas populações estão sujeitas, como é reconhecido por inúmeros organismos internacionais de renome, como a Amnistia Internacional.

Estando a Turquia em aproximação conhecida à União Europeia, e a possibilidade da sua futura adesão em debate – e associando-se a uma campanha de solidariedade internacional - a associação ILGA Portugal e o movimento Panteras Rosa – Frente de Combate à LesBiGayTransfobia vêm por este meio apelar ao governo português e à Comissão Europeia para que tomem em conta estes factos e exprimam junto das autoridades turcas a legítima preocupação relativamente ao processo judicial em curso contra a LambdaIstambul.

O impedimento do direito de livre associação, e de pertença a uma associação, atenta contra os fundamentos da democracia, da mesma forma que indica um sério declínio do respeito e do exercício pelos Direitos Humanos.

ASSIM, APELAMOS IGUALMENTE À JUSTIÇA E ÀS AUTORIDADES TURCAS A QUE ABANDONEM AS PERSEGUIÇÕES CONTRA A LAMBDAISTAMBUL, E PARA QUE RESPEITEM O DIREITO DE ASSOCIAÇÃO DAS PESSOAS LGBTI.”


Manifesto Internacional de apoio à LambdaIstambul

28 de Janeiro

http://bloggay.blogs.sapo.pt

 

Nelson Camacho D’Magoito

Também: Histórias & Historietas Eróticas

Estou com uma pica dos diabos: a aplaudir
música que estou a ouvir: Sem Múcica
publicado por nelson camacho às 03:31
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 4 de Fevereiro de 2008

Parabéns a Alberto João Jardim

        Parabéns a Alberto João Jardim

 

Começa a ser habito dedicar os meus parabéns neste meu blogue, principalmente por esta ou outra forma estar ou ter estado ligado à pessoa em questão.

Hoje venho dar os meus parabéns a Alberto João Jardim

Não me posso esquecer que a minhas raízes são de origem madeirense, até lá tenho uma avenida com o nome de um bisavô “ Av.: dos Condes de Carvalhal”.

 Nos anos sessenta por lá estive durante quase um ano e como diz o outro “fui muito feliz”. Fiz alguns espectáculos no Teatro Municipal assim como em alguns Hotéis de então.

Para que se prove que assim foi, uma fotografia de um dos espectáculos no Teatro Municipal. Era um espectáculo e não concerto como se diz agora, pois era preenchido de canções, imitações e anedotas que durava duas horas seguidas em cena. Era um género que já não se faz hoje, poderíamos dizer, uma mistura de concerto com stan up de agora. A anteceder o espectáculo era projectado um filme sem intervalo e depois lá entrava eu em cena acompanhado por uma orquestra (era tudo ao vivo ali não havia playbek), outros tempos.

Mas como não estou aqui para falar do artista e sim do Alberto João, para os continentais menos informados da pessoa do Dr. Alberto João aqui fica uma simples e curta história deste Senhor que eu admiro bastante, (só tenho pena que não tenha coragem para vir para o continente endireitar isto). Já neste blogue tive oportunidade de falar dele, no post ”Madeira»”.

 

 

 

Alberto João Cardoso Gonçalves Jardim, actual Presidente do Governo Regional da Madeira desde Março de 1978, é um convicto Madeirense e nasceu na cidade do Funchal a 4 de Fevereiro de 1943.

 

Depois de feito a sua licenciatura em Direito na Universidade de Coimbra, passou por várias profissões.    

Desde professor, jornalista, administrador de empresas e director do Centro de formação Profissional da Madeira, ingressando assim, na função pública, depois de ter concluído o estágio de advocacia.

 

O seu serviço militar foi cumprido como Oficial de Acção Psicológica em Lisboa e na Madeira.

 

É co-fundador do Partido Social Democrata, onde tem desempenhado vários lugares políticos. 

 

Sendo Presidente do Governo Regional da Madeira, nesta qualidade, é membro do Conselho de Estado, do Conselho Superior de Defesa Nacional e do Concelho Superior de Segurança Interna da Republica Portuguesa.

 

Entre outros lugares que tem ocupado, como Vice-Presidente, membro de Comités de Concelhos da Europa, é actualmente membro-fundador da Assembleia das Regiões da Europa, cujo “bureau” já pertenceu.

 

É doutor «honoris causa» em Ciências Políticas pela Universidade de S. Cirilio (Itália).

 

Farto das politiquices do Governo na Nação, resolve em 19 de Fevereiro de 2007, apresentar a sua demissão do cargo de Presidente do Governo Regional em protesto contra a nova Lei de finanças Regionais que o Governo de José Sócrates apresentou. Os políticos do Continente ficaram todos satisfeitos mas como dizia a minha avó (saiu-lhes o cão pela culatra).

 O Presidente da Republica aceitou a sua renúncia e dissolve a Assembleia Legislativa da Região e convoca eleições antecipadas para 6 de Maio de 2007.

 

Para os delatores de João Jardim nada ficou a seu contento e veio-se aprovar ser um bom governante, vindo de novo a vencer e desta feita com maioria absoluta novamente e ain da reforçada.

 

      João Jardim tem algumas obras publicadas tais como:

      - “ A Experiência da Autonomia Regional da Madeira”

      - “ Regionalização, Europa, Estado e Poder Local”

      - “ A Tribuna Livre” (3 vols.)

      - " Pela Autonomia e o Desenvolvimento Integral” (2 vols.)

 

 No seu currículo tem várias condecorações nacionais e estrangeiras que derivado à sua extensa quantidade não vem a propósito neste meu texto.

 

Alberto João tem sido um homem de uma personalidade bastante polémica e contrariado pelos governos da nação, no entanto, nunca ninguém fez tanto por uma região em termos de desenvolvimento como ele o tem feito pela Madeira e que a maioria dos madeirenses agradece.

 

Exmo. Senhor  Dr. Alberto João Cardoso Gonçalves Jardim, certamente este texto não vai chegar às suas mãos, mas se chegar, é só para lhe dar os meus sinceros parabéns não só pelo seu aniversário como por tudo o que tem feito pela minha Madeira que embora esteja longe fisicamente, mas junto ao meu coração.

Bem aja.

 

Nelson Camacho d’Magoito (mas da Camacha)

 

 

 

 

Estou com uma pica dos diabos: e com saudade
música que estou a ouvir: As Bordadeiras de Max
publicado por nelson camacho às 02:38
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 2 de Fevereiro de 2008

Parabéns a uma amiga

        Parabéns Glória Bicho

                        (Minha bicha de estimação)

 

 

      Se morreres antes de mim, pergunta se 

      podes levar um amigo.

                                 (Stone Temple Pilots)

 

 

      Já em 11 de Dezembro de 2007 tinha dedicado a esta minha amiga um post com o titulo “Amizade e uma amiga”, hoje, não podia deixar de voltar a ele porque: Nenhum caminho é longo demais quando um amigo nos acompanha.

 

      Nasceu ao meio-dia do 2 de Janeiro de 1959. Toda a sua vida tem sido dedicada ao filho e restante família, está sempre presente nas horas boas e más esquecendo-se muitas vezes da sua própria vida.

 

      É uma companheira dedicada ao seu Alcino que o ama acima de tudo e todas as coisas.

 

      Não fora este, o caminho ideal para qualquer ser comum, esta é diferente, ainda arranja tempo para aqui e ali, dedicar a sua amizade e conselhos a quem pede o seu ombro amigo, não pedindo algo em troca. Somente um telefonema de vez em quando para quebrar a sua solidão, porque também a tem.

 

      Não bastando tudo isto, arranjou para o seu seio familiar um “cota” a quem lhe chamam com muito carinho de “ Tio Nelson”.

 

      Para este tio emprestado se não fora ela, a sua solidão e falta de carinho de quem lho devia dar, nada mais lhe restava que viver a sua saudade das pessoas e dos tempos passados.

 

      Esta mulher de corpo inteiro, está sempre presente nos momentos difíceis dos seus amigos e familiares, é ave que constrói o seu ninho. Como dizia (William Blake) “ A ave constrói o ninho; a aranha, a teia; o homem, a amizade. “

 

      Hoje já te dei os parabéns telefonicamente, vou preparar-me para ir ajudar-te a apagar o bolo e dar-te um grande abraço de reconhecimento pela amizade que me tens dedicado, mas não podia deixar em branco uma página neste meu blogue sem ter dar os parabéns publicamente.

 

      Acima de tudo, na vida, temos necessidade de alguém que nos obrigue a realizar aquilo de que somos capazes. É este o papel da amizade.

(Emerson)

 

Nelson Camacho D’Magoito

                  (O Tio Nelson)

Estou com uma pica dos diabos: Feliz
música que estou a ouvir: Um sonho de amor
publicado por nelson camacho às 13:50
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

.No final quem sou?

.pesquisar

 

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. A busca de ser importante...

. Palavras de Hitler

. Um dia, num lar de idosos...

. Eu era homofóbico

. A prostituição mora no Pa...

. Um amigo colorido

. Namorados

. A Intrusa

. Sábado chato para um amig...

. Um Recado

.arquivos

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. Sai do armário e mãe pede...

. Eurovisão

. Depois de "All-American B...

. Raptada por um sonho ...

. Crónica de um louco senti...

. Terminei o meu namoro!!‏

. Dois anjos sem asas...

. Parabéns FINALMENTE!!!!

. Guetos, porque não?

. “Porque razão é preciso t...

.A Tua visita conta

web counter free

.Sempre a horas para criticar

relojes web gratis

.Art. 13, n.º 2 da Constituição

Ninguém pode ser privilegiado, benificiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual.
blogs SAPO

.subscrever feeds