Sexta-feira, 11 de Novembro de 2011

Parlamento e Manuel Luís Goucha

 

Parlamento e Manuel Luis Goucha

Mas afinal de contas o que tem a ver o parlamento com o Manuel Luís Goucha?

 

Antes do mais, quero explicar que contrariamente a muita gente neste país, eu trabalho. Não tenho nem nunca tive subsídio de desemprego pela mesma razão. Toda a vida trabalhei e muitas vezes em dois e três empregos ao mesmo tempo. Como sou do tempo de escudo e porque sempre fiz alguma coisa na vida, também nunca me faltou nada. Nos anos 60 passava dois ou três fins-de-semana por mês com 500,00 Escudos, “o equivalente hoje a 2,493 Euros” fora de casa. (O meu horário de trabalho era de segunda a sexta das 8h00 às 18h00 e ao sábado das 8hoo às 13h00). Para além das minhas despesas habituais também ajudava com uma verba para a casa, o restante juntava para os tais 500,00 Escudos para gastar nos fins-de-semana. Jantava e almoçava fora, ia ao cinema ou ao teatro e até dava para uma pensão ou pequeno hotel onde ficava com uma namorada colorida que naquele tempo se chamava prostituta.

Esta explicação vem a propósito, pois hoje, já reformado e porque não chega para tudo, lá vou trabalhando aqui e li fazendo isto e aquilo e mesmo assim, não tenho a possibilidade de ter os tais fins-de-semana, assim, pouco vejo televisão a não ser à noite alguns filmes e o programa do Goucha que previamente deixei a gravar.

 

Hoje, tive uma folgazinha no trabalho derivado às greves nos transportes, levantei-me mais tarde telefonei a uma amiga para ver se me queria fazer companhia, mas nicles, ela tem carro e habitou-se à confusão da IC19 e foi trabalhar. Perante esta situação e até porque tem estado a chover, fui até ao café, e gastei 4,20 Euros (os tais 500,oo Escudos de então mas que na realidade são 842,02) que como é obvio não dava para o tal fim-de-semana e resolvi voltar para casa.

 

Sentei-me no meu canto de escrita sem saber bem o que iria sair. O escrever á um acto de solidão, mas mesmo assim, não saia qualquer ideia.

Liguei a máquina de café, abri um maço de cigarros e liguei a televisão que automaticamente foi parar ao canal 2 da RTP que estava a dar em directo a discussão para aprovação do orçamento de estado para 2012 no parlamento. Nada de novo que já não soubesse a não ser a comparação com os programas do Goucha na TVI. Há sempre um palhaço, sem ofensa ao Manuel Luís, que dá uns bit ates mais ou menos sérios e ou engraçados e a plateia aplaude.

A plateia do Goucha é paga (pouco) pela TVI e a plateia da Assembleia é paga pelo Zé Povinho, Muito…. A estes não lhes vão cortar os subsídios extraordinários (ordenados) nos meses de Junho e Novembro, assim como as pensões vitalícias ao fim de 12 anos de trabalho e eu que trabalhei 45 anos tenho uma pensão de miséria e vão-me cortar os subsídios que o Marcelo Caetano deu aos portugueses.

 

Última hora: Estava a ver a discussão do parlamento através da RTP2 e da parte da tarde quando se ia votar o seu finar a rtp2 deixou de dar. A única possibilidade era passar para o Canal do Parlamento, mas como esse canal está num canal privado e o que ganho não dá para ter esses canais, fiquei a zero. Vou esperar pelas noticias da noite se não for para o magusto que é muito mais interessante.

 

Afinal sempre me veio algo à mente neste meu canto de escrita.

 

Prontos… Tá dito…. Ou seja: escrito!

Inté

  

  Nelson Camacho D’Magoito

Estou com uma pica dos diabos: agora sim! estou bem.
música que estou a ouvir: Eles comem tudo eles comem tudo
publicado por nelson camacho às 17:11
link do post | comentar | favorito
|

.No final quem sou?

.pesquisar

 

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. A busca de ser importante...

. Palavras de Hitler

. Um dia, num lar de idosos...

. Eu era homofóbico

. A prostituição mora no Pa...

. Um amigo colorido

. Namorados

. A Intrusa

. Sábado chato para um amig...

. Um Recado

.arquivos

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. Sai do armário e mãe pede...

. Eurovisão

. Depois de "All-American B...

. Raptada por um sonho ...

. Crónica de um louco senti...

. Terminei o meu namoro!!‏

. Dois anjos sem asas...

. Parabéns FINALMENTE!!!!

. Guetos, porque não?

. “Porque razão é preciso t...

.A Tua visita conta

web counter free

.Sempre a horas para criticar

relojes web gratis

.Art. 13, n.º 2 da Constituição

Ninguém pode ser privilegiado, benificiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual.
blogs SAPO

.subscrever feeds