Domingo, 22 de Julho de 2012

Uma discoteca no Algueirão a não voltar

 

Discoteca no Algueirão

 

 

Esta noite é só 5 euros

 e tem direito a 1 imperial

 

    Estas foram as palavras que o porteiro me disse depois de o cumprimentar.

Um pouco mais a traz e a meio da porta uma figura austera e corpulenta e de tês negra, e olhando-me com olhar mostrando que estava ali não só para guardar a porta lá se afastou para de deixar entrar depois de ter pago os 5 aereos.

    Entrei! de princípio ia ficando um pouco surdo e sego tal era o som que emanava de colunas ao fundo da sala depositadas no chão ao estilo de discoteca anos oitenta. Depois de me ambientar naquela penumbra deu-me a sensação que a sala estava vazia, mas não. À minha direita, numa mesa estava uma senhora como que à espera que chega-se alguém. Na mesa em frente outra senhora que me deu a ideia dos mesmos propósitos. Ambas já com idades que deviam estar em casa guardando os netos.

    Lá ao fundo encostado às colunas de som, um cavalheiro mais que cota-talvez-fosse-surdo.

    Encostados ao balcão dois homens em amena cavaqueira e um outro que não parecia pertencer ao grupo.

    Era meia-noite de um sábado e a casa estava cheia “com cinco (5) pessoas”.

    Como é normal e como tinha direito a uma imperial, encostei-me ao balcão e esperei quinze minutos.

    Como não apareceu fosse quem fosse para me servir, sentei-me e reparei que  a um canto estava um tipo ai para os seus trinta e cinco anos, que se descalçava, sacudia um pé com uma meia e depois o outro até que ficou novamente calçado.

Entretanto passaram-se mais quinze minutos até que apareceu uma senhora tipo ananfada que me serviu a tal imperial prometida mas num copo de plástico.

    Voltei para a mesa. Os outros dois comparsas que estavam em amena cavaqueira, foram-se embora e lá ficámos os quatro, pois entretanto uma das senhoras também tinha dado de frosque.

Fiquei mais algum tempo recordando as noites felizes que por ali passei nos anos em que aquela discoteca era dirigida pelo meu amigo Carlos Daniel e seu filho Miguel. Naquele tempo até havia passagens de modelos -cheguei a ser júri de algumas-. Bailes de espuma e até cantores de renome e shows de travesti. Nas noites de gala até o Carlos Daniel se vestia de Smoking.

Nada tenho contra as pessoas que atualmente dirigem este espaço de diversão, mas depois já neste espaço ter escrito

 

Discoteca no Algueirão Velho

O Algueirão velho voltou a estar na moda nas noites da região do Concelho de Sintra

 

    Agora que lá voltei e por respeito a quem por e-mais e não só me tem feito perguntas sobre esta casa, não podia deixar em branco a minha opinião sobre o que lá encontrei neste sábado passado.

 

 Nelson Camacho

Estou com uma pica dos diabos: A minha opinião
música que estou a ouvir: Sax Disco
publicado por nelson camacho às 19:09
link do post | comentar | favorito
|

.No final quem sou?

.pesquisar

 

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. A prostituição mora no Pa...

. Um amigo colorido

. Namorados

. A Intrusa

. Sábado chato para um amig...

. Um Recado

. As Borboletas

. Estou na prisão do tempo

. As minhas procuras no Nat...

. Pequenas coisas

.arquivos

. Setembro 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. Sai do armário e mãe pede...

. Eurovisão

. Depois de "All-American B...

. Raptada por um sonho ...

. Crónica de um louco senti...

. Terminei o meu namoro!!‏

. Dois anjos sem asas...

. Parabéns FINALMENTE!!!!

. Guetos, porque não?

. “Porque razão é preciso t...

.A Tua visita conta

web counter free

.Sempre a horas para criticar

relojes web gratis

.Art. 13, n.º 2 da Constituição

Ninguém pode ser privilegiado, benificiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual.
blogs SAPO

.subscrever feeds