Domingo, 5 de Maio de 2013

Amigo é ter um ombro disponível

aos amigos de nelson camacho

     Sou um amigo do meu amigo e gosto do amigo do meu amigo que por sua vez os amigos do amigo são meus amigos também. Tenho o coração cheio de amigos dos amigos dos meus amigos. Aqui no meu canto de escrita a que dei o nome de “O Canto do Nelson” recebo amigos meus e amigos dos meus amigos. Eles lêem-me, escutam-me e comentam sobre o que escrevo. Dão-me forças para neste meu canto de saudades e recordações ir dissecando histórias que ouvi aqui, além e outras que choraram em meu ombro. Troco-lhes os nomes, não acuso ninguém algumas são mesmo inventadas, tento mesmo manuseá-las literariamente. Não ofendo quem quer que seja e as fotos apresentadas são “roubadas” na blogosfera onde todos têm acesso.

Para os que não gostam de mim ou do que escrevo, algo ficou! É que leram! Leram e em alguns casos as minhas palavras tocam-lhes mas não querem reconhecer que bem lá no fundo elas estão presentes. Nalguns casos ainda não tiveram coragem de o dizerem mas bem lá no fundo e durante a noite no vale dos lençóis, sozinhos (as) ou acompanhados (as) vêm à memória alguns dos meus escritos e sonham (E se aquela situação se passa-se comigo?).

     De manhã! Acordam com um certo fel na boca não sabendo bem o porquê! É seu subconsciente e sem saberem bem o porquê, no trabalho ou nas horas de ócio quando se debruçam sobre o computador com o nome de “anónimo” vêm até mim comentando um ou outro texto. Muitos desabafos, recebo por e-mail e telefonemas.

Não se agarrem ao facebook onde a maioria das coisas não são bem o que são. Encontrem na blogosfera literatura e cultura.

     Chegou a altura de agradecer a todos os meus amigos e amigos dos meus amigos e dos outros virem até mim desabafar as suas mágoas em forma de comentário. Lembrem-se sempre que quando se perde um amigo outro amigo se vai. É o que nos diz Alberto Cortês nesta bela canção “Quando un amigo se vá”

"Obrigada! Você estará sempre no meu coração"

 

 Nelson Camacho

Estou com uma pica dos diabos: e reconhedido
publicado por nelson camacho às 14:22
link do post | comentar | favorito
|

.No final quem sou?

.pesquisar

 

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Um amigo colorido

. Namorados

. A Intrusa

. Sábado chato para um amig...

. Um Recado

. As Borboletas

. Estou na prisão do tempo

. As minhas procuras no Nat...

. Pequenas coisas

. A história do Pátio do Ca...

.arquivos

. Setembro 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. Sai do armário e mãe pede...

. Eurovisão

. Depois de "All-American B...

. Raptada por um sonho ...

. Crónica de um louco senti...

. Terminei o meu namoro!!‏

. Dois anjos sem asas...

. Parabéns FINALMENTE!!!!

. Guetos, porque não?

. “Porque razão é preciso t...

.A Tua visita conta

web counter free

.Sempre a horas para criticar

relojes web gratis

.Art. 13, n.º 2 da Constituição

Ninguém pode ser privilegiado, benificiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual.
blogs SAPO

.subscrever feeds