Sábado, 22 de Dezembro de 2007

Boas Festas com amor

FIM DO ANO COM AMOR?

 

Fim do ano com amor é tudo o que nós queremos neste fim de ano, é pena que a coragem para assim terminar o ano não seja grande.

É a vida, (ou seja, como os portugueses dizem “É o Fado”). São os políticos são os senhores do dinheiro, são os criminosos, os pedófilos, os ladrões, os sem abrigos, os que fogem e correm à justiça que não funciona, é a segurança social que nada tem de social, são os juízes que julgam olhando somente a letra da lei que é cega, é a constituição a que nem todos ligam, é a assembleia da republica que está cheia taxistas que aguardam calmamente por uma reforma choruda enquanto nós que trabalhámos uma vida inteira morremos de fome. É o fado, o fado de todos nós. Não há greves que nos valham porque temos um governo fascista que se diz socialista. Como podemos ter um país democrático se somos governados por um partido que tem a maioria absoluta? Para mim isso é fascismo, como o “botas” eles põem e dispõem sem aceitar opiniões dos que estão em minoria.

Como podemos acabar um ano com amor?

 

     A anteceder Natal, todos fizeram festas. Foram as festas do croquete e de angariação de fundos para os mais necessitados (quais?). Foram as promoções publicitárias e as promoções dos pseudo famosos mostrando-se ao mundo que estão solidários com os mais necessitados, não deixando no entanto de se promoverem, passeando-se nas televisões, jornais, revistas e hiper mercados nos seus fatos emprestados pelos costureiros que estão na berra auto-promovendo-se também. Até o “Puto maravilha” veio à RTP dizer que dava cinco mil euros para os velhinhos.

     Tudo em nome da solidariedade nacional.

Os sem abrigo, tiveram um repasto diferente na FIL. Os acamados nos hospitais, tiveram umas senhoras da solidariedade com uma palavra de conforto. Os putos que estão nos orfanatos tiveram mais umas promessas que vão ter um futuro melhor. (quando e como?).

Os pobres reformados continuam a morrer de fome e falta de condições para a sua subsistência digna na velhice. MEUS SENHORES HÁ QUEM VIVA COM 90,00 EUROS POR MÊS. (SE NÃO SABEM QUEM SÃO PERGUNTEM-ME QUE EU DIGO)

 

     A justiça é aquilo que nós observamos todos os dias em qualquer diário.

     As mortes, os assaltos à mão armada, os arrastões, as burlas aos velhinhos que são despojados dos seus bens por malandros, alguns até não são de cá.

     A máfia estrangeira e o terrorismo está a implantar-se calmamente no nosso território, enquanto os nossos governantes, calmamente vão inaugurando obras que não começaram e a que chamam de suas.

      O caso Casa Pia, vai arrastando-se na calma do andar dos tempos.

      As crianças desaparecidas vão continuando a não aparecer.

      A caça à pequenas dividas de alguns que nem para comer têm, continua enquanto o estado deve milhões e tem o descaramento de dizer que é normal.

      Afinal de contas que porra de democracia nos impingiram com o 25 de Abril. Já lá vão trinta e tal anos (uma vida) e não há melhoras algumas. A liberdade que tenho de dizer tudo isto para quem quiser ler, não chega.

       A merda continua, ou mais poeticamente como dizia o Zeca Afonso “Eles comem tudo, eles comem tudo, e eu fiquei sem nada”.

 

Procurando do CORREIO DA MANHÃ hoje (21-12-2007) pode ler-se:

 

“O Estado devia mais de dois mil milhões de euros aos seus fornecedores em 2006. O grande devedor continua a ser, tal como em 2005, o Ministério da Saúde, responsável por 72,4 % do total das dívidas, de acordo com o parecer do Tribunal de Contas (TC) sobre a Conta Geral do Estado, entregue ontem por Guilherme d’Oliveira Martins ao presidente da Assembleia da República, Jaime Gama.”

 

Mais à frente, Também:

“A Direcção Nacional (DN) da PSP despediu oito empregadas de limpeza das esquadras do comando distrital de Faro. As funcionárias foram avisadas, a poucos dias do Natal, de que terão de abandonar os locais de trabalho até 16 de Fevereiro, sem direito a indemnização nem subsídio de desemprego.”

 

     Meus amigos, estamos mesmo na Republica das Bananas!

 

     Os presos, vão passar a ter uma sala de fumo, porque com a nova lei também não se pode fumar em recintos fechados (fumar mata), no entanto podem continuar a drogar-se.

     A polícia continua a não ter condições físicas e morais para combater o banditismo que o Sócratas continua a dizer estar a baixar. (só para ele que tem segurança).

     A ASAE continua a fechar estabelecimentos por dá cá aquela palha, mas as crianças nas escolas, continuam com alimentação menos própria para o seu desenvolvimentos. A sua segurança continua a ser um credo na boca dos pais, porque continua a haver banditismo entre elas.

     Para dar azo às novas tecnologias, o governo continua a apostar em engenheiros e doutores. Acabaram com as escolas de formação profissional, tal como as Escolas, Industriais, Comerciais, e outras técnicoprofissionais. Não se formam, carpinteiros, electricistas, bate-chapas, torneiros, fresadores, pedreiros e outras profissões tão dignas como as outras e quando acabarem os velhos, só nos restam para trabalhar, os imigrantes Doutores e desqualificados.  

 

     Meus amigos, é melhor não dizer mais nada porque para desgraças o País não vai nada mal.

     Vamos esperar por 2008 e que este lhes traga as maiores felicidades do mundo.

     Eu por mim, vou de férias até um pais melhor, para o ano cá estou e façam vafor de serem felizes.

 

Nelson Camacho D’Magoito

Estou com uma pica dos diabos: à beira da loucura
música que estou a ouvir: a da treta
publicado por nelson camacho às 10:59
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Luiz Carlos a 26 de Dezembro de 2007 às 17:06
As tua criticas têem o espírito do 25 de Abril, continua assim sem medos, vais ver que vais longe. Também gosto do teu outro blog das hiatorias eróticas.
Bom Natal para ti.
Luiz Carlos

Comentar post sem tretas

.No final quem sou?

.pesquisar

 

.Fevereiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. Namorados

. A Intrusa

. Sábado chato para um amig...

. Um Recado

. As Borboletas

. Estou na prisão do tempo

. As minhas procuras no Nat...

. Pequenas coisas

. A história do Pátio do Ca...

. Finalmente libertei-me.

.arquivos

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. Sai do armário e mãe pede...

. Eurovisão

. Depois de "All-American B...

. Raptada por um sonho ...

. Crónica de um louco senti...

. Terminei o meu namoro!!‏

. Dois anjos sem asas...

. Parabéns FINALMENTE!!!!

. Guetos, porque não?

. “Porque razão é preciso t...

.A Tua visita conta

web counter free

.Sempre a horas para criticar

relojes web gratis

.Art. 13, n.º 2 da Constituição

Ninguém pode ser privilegiado, benificiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual.
blogs SAPO

.subscrever feeds