Segunda-feira, 15 de Julho de 2013

Um menino de 10 anos

Desde 2007 que ando por aqui a debitar coisas e loisas do quotidiano da vida tal como eu a entendo e por experiências vividas. Também uma “cacetada” aqui e ali.

Como também sou um leitor atento do que se escreve na blogosfera, por vezes dou a minha alfinetada contestando ou apoiando. Por vezes, apetece-me fazer uma copi-past do que acho deveras interessante, é o caso de hoje que estou a fechar este ciclo de seis anos com um total de 300 postes com um texto de José Ricardo Oliveira, a ser repensado.

Um menino de 10 anos

 

Um Menino de 10 anos

 

 

“… um menino de 10 anos estava parado, na frente de uma loja das sapatos olhando a vitrine e tremendo de frio. Uma senhora aproximou-se do menino e disse-lhe: “Meu pequeno o que você está olhando com tanto interesse nesta vitrine”.O menino então respondeu: “Estava pedindo a Deus que me desse um par de sapatos”.

 
A senhora o tomou pela mão e o levou para dentro da loja, pediu ao empregado que lhe desse média dúzia de pares de sapatos para o menino. Perguntou ao empregado se poderia lhe emprestar uma bacia com água e uma toalha. O empregado trouxe-lhe rapidamente o que pediu. A senhora levou o menino à parte traseira da loja, retirou as luvas, lavou os pés do menino e secou-os com a toalha. Então o empregado chegou com os sapatos, a senhora pôs-lhe um par deles no menino e comprou-lhe os outros. Juntou os outros pares e os deu ao menino. Afagou o menino na cabeça e disse-lhe: “não há dúvida que você se sente agora mais confortável”, o menino a abraçou, e quando ela já se voltava para sair o menino com lágrimas nos olhos lhe perguntou:


“A senhora é a esposa de Deus?

 

 

"Obrigada por me ler! Você estará sempre no meu coração"

 

        Nelson Camacho D’Magoito

            “As minhas escolhas”

             de Nelson Camacho

Estou com uma pica dos diabos:
publicado por nelson camacho às 20:56
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Fernando a 16 de Julho de 2013 às 12:26
Infelizmente um retrato bem actual...
Abraço
Nando
De nelson camacho a 31 de Julho de 2013 às 05:12
Meu caro Fernando. Creio que ainda estou atempo se lhe agradecer mais este comentário. Então de férias? Um abraço Nelson
De nelson camacho a 31 de Julho de 2013 às 17:54
Meu caro Fernando. Como é óbvio já lhe respondi via E-mail. Pois preso as confidencialidades, não deixo no entanto de lhe dizer aqui e publicamente que Infelizmente vamos aprendendo ao longo dos anos que o “Para sempre” não existe!
Tudo na vida é descartável: A casa, o carro, o clube, a profissão, a mulher, o filho e o nosso melhor amigo.
É com base neste conceito que vou escrevendo as minhas história revestidas de momentos em que as pessoas se sentem felizes ou infelizes conforme os momentos e os lugares por onde se vão passeando pela vida.
Todas as minhas histórias ou contos, opiniões ou críticas têm um pouco de mim
E faça o favor de ser feliz. Um abraço Nelson Camacho.

Comentar post sem tretas

.No final quem sou?

.pesquisar

 

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Um amigo colorido

. Namorados

. A Intrusa

. Sábado chato para um amig...

. Um Recado

. As Borboletas

. Estou na prisão do tempo

. As minhas procuras no Nat...

. Pequenas coisas

. A história do Pátio do Ca...

.arquivos

. Setembro 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. Sai do armário e mãe pede...

. Eurovisão

. Depois de "All-American B...

. Raptada por um sonho ...

. Crónica de um louco senti...

. Terminei o meu namoro!!‏

. Dois anjos sem asas...

. Parabéns FINALMENTE!!!!

. Guetos, porque não?

. “Porque razão é preciso t...

.A Tua visita conta

web counter free

.Sempre a horas para criticar

relojes web gratis

.Art. 13, n.º 2 da Constituição

Ninguém pode ser privilegiado, benificiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual.
blogs SAPO

.subscrever feeds