Sexta-feira, 29 de Novembro de 2013

Adeus até para o ano

boas festas - adeus até para o ano

 
     Antigamente no tempo da escrita à mão era hábito escrever-se um postal de Boas Festas nesta época do ano desejando um Bom Natal e Festas Felizes para o ano vindouro. Havia inclusivo quem tinha jeito para o desenho, elaborar os próprios cartões de Boas Festas, depois vieram os computadores e perdeu-se o hábito da escrita à mão.

     O princípio da escrita foi com um formão com incisões na pedra com hieróglifos, depois veio a escrita propriamente dita com penas de aves fazendo nelas um aparo onde se escrevia num papiro. Mais tarde veio a invenção da caneta de tinta permanente que foi destronada pela esferográfica e pelo lápis. Hoje tudo é mais fácil. Dois dedos ou mais para os mais habilidosos veio o teclado das máquinas de escrever e com a evolução dos tempos vieram os computadores e aquela coisa de nos aprimorarmos no tipo de escrita que aprendíamos na instrução primária que hoje já não existe. Nem instrução primária nem o estudo da caligrafia. Hoje tudo o que era belo se perdeu, até o gosto pela criatividade. O computador faz tudo.

     Hoje há a profissão de criativos mas noventa por cento através do computador. Há mão… só aquela anedota dos “cinco a um para aliviar o stress”.

     A informática fez com que a escrita tenha desaparecido, tudo é por e-mail, Facebook, sms e outras formas de comunicação entre pessoas.

     Infelizmente até as cartas de amor como as da Soror Mariana são coisas do passado.

     Hoje as amizades são feitas via programas específicos da internet, são as chamadas amizades virtuais em que cada um escreve sobre si o que desejava ser e nunca o que é na realidade. Noventa por cento dos utilizadores da internet esconde-se atrás de um suposto nome ou simplesmente de anónimo.

     Já ninguém assume a sua própria identidade porque será?.. Era um tema sujeito a um estudo por psicólogos devidamente credenciados e que gostaria de ver por aqui em discussão.

     Não sou nem quero ser mais que os outros mas uma coisa é verdade. Sou responsável pelos meus actos e como tal nunca na vida me escudei atrás de um suposto nome nem faço copypast de outros autores e quando eventualmente o faço, informo sempre o seu autor. Também não faço Download de músicas. Quando pretendo uma música ou um filme, compro os respectivos CDs ou DVs. Antigo? Arcaico? Cota ou Kota? Talvez mas tudo o que escrevo é da minha cabecinha pensadora e não utilizo metáforas, pensamentos ou contos de outros. 

     Para aprimorar os meus textos, republico algumas fotografias mas quando não conheço o seu autor designo-os como (As fotos aqui apresentadas são livres de copyright e retiradas da Net.) Assim como tenho o cuidado de informar sobre os meus textos; (Qualquer semelhança com factos reais é mera coincidência, ou não! O geral ultrapassa a ficção)

 

     Aos meus amigos virtuais e não só vem esta minha declaração a propósito de nestes últimos dias do ano de 2013 ter feito uma retrospectiva do que tenho escrito nos meus blogues e Facebook e analisado a receptividade que tenho recebido. Uns com comentários directos nos locais próprios e outros enviados por e-mail. Sobre todos quero agradecer muito pois são as vossas opiniões que me fazem crescer como homem e como escritor de história de vida a que me dediquei.

 

     Aos milhares que me escreveram via e-mails contando-me as suas histórias e inquietações e outras como a seguinte,

--------------------------------

“Via E-mail de Marcelo Marques 2013-23-11-22:51h

Boa noite,

 

Descobri ainda hoje o seu blog, estou completamente rendido, parabéns!

Depois de ler as ''tertúlias'' do mês de Novembro o meu impulso foi fazer uma ligação da escrita a um rosto, mas nada encontrei.  

Mais uma vez, parabéns e continuação de um bom trabalho.”

-----------------------------------------

     São estes comentários que me dão forças para continuar e o meu muito obrigado. São estes vossos comentários os pagamentos que recebo como são as palmas que qualquer cantor ou actor recebe no fim do seu trabalho.

 

     Nunca é demais desejar-lhes um bom Natal e um Ano de 2014 se não for melhor pelo menos que seja igual a 2013.

 

     Eu para o Ano volto.

     Se alguns não gostam do que escrevo e pretendem literatura do cordel ou mais obscena em certos casos paciência, antes de me lerem, leiam os meus avisos.

     Entretanto vejam o meu último conto de 2013 (O vizinho do 1.º Andar)

  Nelson Camacho

 

Fiquem-se com USA for Africa - We are the world com Michael Jackson

     Nelson Camacho D’Magoito

   “Contos ao sabor da imaginação”

            © Nelson Camacho
2013 (ao abrigo do código do direito de autor)

Estou com uma pica dos diabos:
publicado por nelson camacho às 01:20
link do post | comentar | favorito
|

.No final quem sou?

.pesquisar

 

.Fevereiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. Namorados

. A Intrusa

. Sábado chato para um amig...

. Um Recado

. As Borboletas

. Estou na prisão do tempo

. As minhas procuras no Nat...

. Pequenas coisas

. A história do Pátio do Ca...

. Finalmente libertei-me.

.arquivos

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. Sai do armário e mãe pede...

. Eurovisão

. Depois de "All-American B...

. Raptada por um sonho ...

. Crónica de um louco senti...

. Terminei o meu namoro!!‏

. Dois anjos sem asas...

. Parabéns FINALMENTE!!!!

. Guetos, porque não?

. “Porque razão é preciso t...

.A Tua visita conta

web counter free

.Sempre a horas para criticar

relojes web gratis

.Art. 13, n.º 2 da Constituição

Ninguém pode ser privilegiado, benificiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual.
blogs SAPO

.subscrever feeds