Domingo, 17 de Fevereiro de 2008

PROTECÇÃO aos intérpretes

Comentadores que não deviam ser!

 

     Antes que esta me escape, aqui vai mais uma critica a alguns comentadores que se dedicam a comentar noticias e outras coisas mais, uma vezes sem entenderem bem o que outros escrevem (em relação a textos que proliferam na net) e outras vezes sobre noticias sérias que são dadas nos jornais e revistas e ou porque não entendem bem o seu contexto, aproveitando esse espaço para darem a sua opinião sobre outros assuntos que nada têm a ver com a noticia que estão a comentar.

 

     Eu explico melhor:

 

     Por acaso na busca de notícias da União Europeia, fui encontra no Publico um sobre a vigência dos direitos de autor dos intérpretes, que passo a transcrever, para quem me lê não tenha o trabalho de lá ir.

 

     O Publico da sua edição de 14 do mês e ano corrente diz assim:

 

-Actualmente estão protegidos durante meio século

Bruxelas quer aumentar direitos de autor de intérpretes para 95 anos 

14.02.2008 - 15h10 AFP

A Comissão Europeia vai propor um aumento da vigência dos direitos de autor dos intérpretes europeus de 50 para 95 anos, anunciou hoje o comissário do Mercado Interno, Charlie McCreevy, em conferência de imprensa.

“O comissário explicou, ainda, que não encontra “uma razão que justifique que um compositor beneficie da protecção dos seus direitos durante toda a sua vida e 70 anos depois de morrer, enquanto um intérprete só tem os seus direitos assegurados durante 50 anos, o que às vezes sem sequer cobre a sua vida”.
A proposta poderá ser adoptada ainda durante o verão do presente ano.”

                    -----------------------------------------------------------------------------

 

     Pois bem: sobre esta notícia logo aparecem uns senhores alguns anónimos a falar sobre a questão, e que dizem?

 

     Uns, dizem: “ Assim, é “matar” os autores……. Os subsídios são dados se a obras estiver de acordo com o “regime”.   

     Outros comentam: “ Assim, se vêm os poderes e intenções da empresas discográficas………….

     E ainda há os outros que se aproveitam deste espaço para publicitar o seu “Desconcerto Manifestação Ensino Artístico…………………….

 

     Meus amigos tenham dó!

 

     Comentar assim uma boa ideia emanada da Comissão Europeia sobre um assunto que já se arrasta á décadas e que diz respeito ao trabalho e subsistência de milhares de cidadãos é mesmo estar a gozar com quem trabalha nas artes e que poucos ou nenhuns apoios têm dos governos.

 

     A pretensão do Sr. Comissário do Mercado Interno na Comissão Europeia, Charlie McCreevy, nada mais é que fazer justiça sobre um assunto humano, ao querer alterar o tempo de duração da protecção dos direitos dos intérpretes que hoje é de cinquenta anos contra a protecção que é dada aos compositores e autores que vai para além do seu tempo de vida.

 

     Escrever um poema ou uma música, custa e leva anos a conseguir-se ser-se perfeito, (É preciso muito saber e vivência de vida), mas todo esse saber ficaria na gaveta se não existissem os intérpretes, (que também não é para todos).

 

     Dizer as palavras, acompanhadas com música ou não e dar-lhes o verdadeiro sentido para que chegue ao público e este entenda o que vai na alma do seu compositor, também leva anos de estudo e de preparação física.

 

     Infelizmente, há por ai muitos que o querem fazer, mas na verdade só fazem má figura, mas esses morrem à nascença.

 

     Quem não deixa esquecer os poetas e os músicos, são os artistas, actores e cantores, que pintam a cara, que choram, riem e dão o suor.

 

     Por todas estas razões, estou totalmente de acordo que se dê aos dizeres a mesma regalia que aos autores, até porque o tempo de vida actual já vai para além dos noventa anos e felizmente ainda vimos grandes dizeres e cantores com longa idade a pisarem os palcos com grande dignidade.

 

A propósito: Simone de Oliveira no dia 25 deste mês comemorara 50 ANOS DE CARREIRA num grandioso espectáculo no Coliseu dos Recreios em Lisboa.

 

Aproveito para lhe dar os meus parabéns.

 

Nelson Camacho D’Magoito

 

Estou com uma pica dos diabos: satisfeito
música que estou a ouvir: Sol de Inverno
publicado por nelson camacho às 22:58
link do post | comentar | favorito
|

.No final quem sou?

.pesquisar

 

.Fevereiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. Namorados

. A Intrusa

. Sábado chato para um amig...

. Um Recado

. As Borboletas

. Estou na prisão do tempo

. As minhas procuras no Nat...

. Pequenas coisas

. A história do Pátio do Ca...

. Finalmente libertei-me.

.arquivos

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. Sai do armário e mãe pede...

. Eurovisão

. Depois de "All-American B...

. Raptada por um sonho ...

. Crónica de um louco senti...

. Terminei o meu namoro!!‏

. Dois anjos sem asas...

. Parabéns FINALMENTE!!!!

. Guetos, porque não?

. “Porque razão é preciso t...

.A Tua visita conta

web counter free

.Sempre a horas para criticar

relojes web gratis

.Art. 13, n.º 2 da Constituição

Ninguém pode ser privilegiado, benificiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual.
blogs SAPO

.subscrever feeds