Sábado, 8 de Março de 2008

Dia da Mulher

Estou com raiva e com saudade

 

Desassombrado como sou nas palavras em que muitas vezes escrevo, normalmente começo por uma página em branco e vou iniciando o trabalho de escrita, ao sabor dos sentimentos da revolta que a alma me traz à mente no momento.

A minha alma, é uma profunda contradição entre o belo e o amor, dentro de uma raiva que trago dentro de mim.

É uma raiva onde se mistura a beleza das coisas e das pessoas, o amor que recebo mas já não posso dar mais.

É a raiva que tenho de não poder amar mais. É a raiva que sinto dos amores perdidos. É a raiva que vou construindo à minha volta pois sei que já não vou ter tempo de modificar o mundo.

É a raiva que tenho de não ter tido tempo para acarinhar mais a única mulher que amei até hoje.

Aquela mulher que muitas vezes cantou e chorou por mim.

Aquela mulher que abandonei por outra mulher.

Aquela mulher a quem não tive tempo de lhe agradecer.

Aquela mulher que foi uma “Mulher Coragem” durante tantos anos, perdendo parte da sua vida para que a minha tivesse êxito em qualquer empreendimento que me metesse.

Aquela mulher que deixou de comer para que nada me falta-se.

Aquela mulher que sempre acompanhou as minhas loucuras de vida.

Aquela mulher que nunca me criticou com palavras ou atitudes. Bastava um simples olhar para nos entendermos. Uma palavra de critica ou desafora, nunca foi pronunciada por aquela boca.

Aquela mulher que neste dia e agora, quero agradecer por ter sido MULHER.

 Aquela mulher que morreu nos meu braços.

 

Diz-se que hoje é dia da mulher, porque assim foi instituído em 1910, numa conferência internacional de mulheres na Dinamarca para celebrar o dia 8 de Março de 1857. Data que ficou marcada para a história, derivado a uma rebelião de mulheres numa fábrica de têxteis de Nova Iorque (NI faz parte do país das possibilidades e mais democrático) para reivindicarem o direito a uma redução de horas de trabalho, na medida em que o seu horário laboral era superior ao dos homens e em contrapartida o ordenado era inferior. Nesse maléfico dia, 130 mulheres que se encontravam dentro das instalações da dita fábrica morreram queimadas derivadas a um incêndio propagado no mesmo edifício.(Ainda hoje não se sabe como aquilo aconteceu. Ou a história ainda não contou)

Se procurar-mos bem e nos debruçarmos sobre o assunto, estes factos da sua essência podem não ser os reais, no entanto, é bom celebrarmos o “Dia Internacional da Mulher”. É nos seus óvulos que é depositado o espermatozóide que num acto de amor ela deixou que ali penetrassem, dando assim o inicio que uma vida que somos nós.

 Se aqui falo do acto de amor praticado entre a mulher e o homem, é porque só assim entendo o verdadeiro sentido do nome MULHER.

 

     Já as OUTRAS, só porque não tiveram coragem de dizer não, ao marido ou amante que naquele dia disse: -Hoje, vou dar-te uma fo_a e ela abriu as pernas, mesmo sem vontade, fingindo, (o que faz muitas vezes) e deixa penetrar dentro de si uma alma ainda resumida a um simples espermatozóide, que mais tarde virá a ser seu filho, ou porque as suas hormonas sexuais falaram mais alto, mais tarde vai arrepender-se. Essas, que depois deitam nos caixotes do lixo e esgotos os fetos. Abandonam as crianças à porta de uma Igreja, as vendem pelo melhor preço, as colocam na rua mendigando para seu sustento ou as entregam a uma orfanato qualquer, sem nunca mais as procurar. Ou ainda pior, em concluiu com os seus amantes, deixam que estes abusem sexualmente dos seus filhos, sejam meninas ou rapazes.

Estas não são mulheres, no entanto, é a que os senhores políticos e algumas mulheres chamadas de feministas querem elevar ao mais alto estatuto da criação humana.

     Meus amigos doa a quem doer, tudo isto, a mulher que nós defendemos no “Dia Internacional da Mulher” é capaz de o fazer e faz.

Estou com raiva e está dito.

 

Mulher e Mãe! Não é isto!

 

     Mulher Mãe é aquele que nos fabricou num acto de amor. Que nos trouxe dentro do seu ventre nove meses, fazendo parte integrante de si mesma zelando cuidadosamente para que viéssemos ao mundo, perfeitos e já reconhecendo a sua progenitora pelas palavras, afagos e às vezes cantigas que nos vai debitando ainda dentro do seu ser.

 

     Mulher Mãe! É aquela que é capas de transformar toda a sua vida para cuidar do seu filho que por azar do destino veio ao mundo com deficiências e as outras mulheres e homens das políticas não encontraram (porque não querem) forma de as ajudarem.

     Ainda existem “Mães Coragem” que sofrem na pele toda uma vida o abandono total dos governantes deste país, só porque tiveram uma noite de amor e Deus, (se Ele Existe) pregou-lhes a partida de lhe mandar um filho deficiente.

 

Revoltemo-nos todos para que o “Dia Internacional da Mulher” não seja só a celebração dos direitos da mesma, mas sim o direito de SEREM MULHERES EM TODA A SUA PENITUDE E A PRINCIPAL É A DE SEREM MÃES.

 

Quantos aos senhores governantes deste ou outro governo (estou-me nas tintas para quem manda), em vez de andarem para ai, (como o Sr.Presidente da República) a dizerem que é preciso fazer mais filhos, é necessário primeiros darem-nos condições económicas e de estabilidades para os podermos criar. Já a minha avó dizia “Quem não tem dinheiro não tem filhos” Graças a Deus ela teve dezoito. Em contrapartida, eu só tenho um.

 

Ser mulher, é ser Mulher, Mãe e Amante. Infelizmente nem todas o são.

  

Como já sabes como eu sou, e conheces os meus defeitos, virtudes e manias, só te quero dizer que este texto foi escrito por volta das quatro da manhã, entre o computador e a cozinha para fazer um café e um petisco. É que esta coisa de te homenagear, me dá fome.

 

Hoje! Há uma estrela no céu que sempre me guia.

Hoje! Também é o teu dia Mãe, que foste mulher acima de tudo.

 

Nelson Camacho D’Magoito

Estou com uma pica dos diabos: e triste ao mesmo tempo
música que estou a ouvir: Estrela da Minha Vida
publicado por nelson camacho às 04:10
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Emilia a 1 de Abril de 2008 às 13:38
De vez enquanto dou uma volta pelos teus escritos que adoro, és frontal, directo e de uma sensibilidade pouco vista nos blogs do género e quando falo no género não é para te ofender (de forma alguma). Deves ser uma pessoa maravilhosa, frontal e com uma qualquer dor que trazes contigo. Já tenhos dois filhos, gostava que fossem como tu, frontal, directo e amante,(que o deves ser) e quem fala assim não é gago.
Um beijo desta que te lê.
Emilia

Comentar post sem tretas

.No final quem sou?

.pesquisar

 

.Fevereiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. Namorados

. A Intrusa

. Sábado chato para um amig...

. Um Recado

. As Borboletas

. Estou na prisão do tempo

. As minhas procuras no Nat...

. Pequenas coisas

. A história do Pátio do Ca...

. Finalmente libertei-me.

.arquivos

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. Sai do armário e mãe pede...

. Eurovisão

. Depois de "All-American B...

. Raptada por um sonho ...

. Crónica de um louco senti...

. Terminei o meu namoro!!‏

. Dois anjos sem asas...

. Parabéns FINALMENTE!!!!

. Guetos, porque não?

. “Porque razão é preciso t...

.A Tua visita conta

web counter free

.Sempre a horas para criticar

relojes web gratis

.Art. 13, n.º 2 da Constituição

Ninguém pode ser privilegiado, benificiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual.
blogs SAPO

.subscrever feeds