Sábado, 22 de Março de 2008

Dia Mundial da Poesia

              Hoje, é “O Dia Mundial da Poesia”.

 

     Este dia foi instituído na 30ª Conferência Geral da UNESCO, em 2000, e coincide com o início da Primavera no hemisfério Norte e o Dia da Árvore.

     Plantar uma árvore, hoje já fiz a minha obrigação, não fui ao campo para a plantar, mas no meu quintal, a partir de hoje já lá mora mais uma.

Escrever uma poesia, hoje não me atrevo, pois escrever é um estado de alma que nem sempre a veia me surge.

     Comecei a ler um livro “Crónica da mais velha profissão do mundo” de Jeanne Cordelier. É uma história de uma mulher de trinta e dois anos, que depois de exercer a profissão de prostituta durante cinco anos, resolveu contar a sua experiência vivida nesse espaço de tempo.

    O início da Primavera, dei por isso porque o dia esteve espectacular. Embora estivesse só, fui até uma esplanada restaurante da praia da Ericeira onde almocei e passei o resto do dia e comecei a ler o tal livro.

     Para assinalar O Dia Mundial da Poesia, por este Portugal inteiro, fizeram-se, alguns debates sobre o tema, saraus literários, exposições e vendas de livros em segunda mão.

     Posto tudo isto, só tenho pena que os nossos governos não olhem mais para a cultura, neste caso, tratando o livro como um produto igual a tantos outros com o IVA a 21 %. Assim como não prove a leitura dos nossos escritores, nas escolas.

Porque já dei o recado, vou transcrever aqui dois poemas “Kyrie” e “Cantiga de Amigo” do meu querido amigo José Carlos Ary dos Santos que infelizmente já não está entre nós, como sabem, mas estará sempre presente nos nossos corações.

 

 

 

KYRIE

De Ary dos Santos

 

Em nome dos que choram,
Dos que sofrem,
Dos que acendem na noite o facho da revolta
E que de noite morrem,
Com esperança nos olhos e arames em volta.

 

Em nome dos que sonham com palavras
De amor e paz que nunca foram ditas,
Em nome dos que rezam em silêncio
E
falam em silêncio
E
estendem em silêncio as duas mãos aflitas.


Em nome dos que pedem em segredo
A
esmola que os humilha e os destrói
E devoram as lágrimas e o medo
Quando a fome lhes dói.


Em nome dos que dormem ao relento
Numa cama de chuva com lençóis de vento
O sono da miséria, terrível e profundo.
Em nome dos teus filhos que esqueceste,
Filho de Deus que nunca mais nasceste,
Volta, volta outra vez ao mundo!
                       

Cantiga de Amigo

     De Ary dos Santos


Nem um poema nem um verso nem um canto

tudo raso de ausência tudo liso de espanto
e nem Camões Virgílio Shelley Dante
--- o meu amigo está longe
e a distância é bastante.

Nem um som nem um grito nem um ai
tudo calado todos sem mãe nem pai
Ah não Camões Virgílio Shelley Dante!

--- o meu amigo está longe
e a tristeza é bastante.

Nada a não ser este silêncio tenso
que faz do amor sozinho o amor imenso.
Calai Camões Virgílio Shelley Dante:
o meu amigo está longe
e a saudade é bastante!

         

 

Se me visitar em “Histórias & Historietas Eróticas”, pode ler um Poema de Lobo Antunes e de A.Manzanero.

 

Nelson Camacho D’Magoito

 

Estou com uma pica dos diabos: poeta
música que estou a ouvir: Kyrie
publicado por nelson camacho às 06:56
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De B a 30 de Março de 2008 às 20:59
Gostei do blog, continua...

Comentar post sem tretas

.No final quem sou?

.pesquisar

 

.Fevereiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. Namorados

. A Intrusa

. Sábado chato para um amig...

. Um Recado

. As Borboletas

. Estou na prisão do tempo

. As minhas procuras no Nat...

. Pequenas coisas

. A história do Pátio do Ca...

. Finalmente libertei-me.

.arquivos

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. Sai do armário e mãe pede...

. Eurovisão

. Depois de "All-American B...

. Raptada por um sonho ...

. Crónica de um louco senti...

. Terminei o meu namoro!!‏

. Dois anjos sem asas...

. Parabéns FINALMENTE!!!!

. Guetos, porque não?

. “Porque razão é preciso t...

.A Tua visita conta

web counter free

.Sempre a horas para criticar

relojes web gratis

.Art. 13, n.º 2 da Constituição

Ninguém pode ser privilegiado, benificiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual.
blogs SAPO

.subscrever feeds