Quarta-feira, 20 de Maio de 2015

Senhores do SAPO

Carta aberta e não só

 

O acto de escrever histórias ou contos não é tão fácil como parece. Nem sempre estou disposto para tanto e os neurónios nem sempre funcionam de maneira a poder com uma certa credibilidade contar-vos uma ou outra passagem dos meus momentos de ócio umas vezes, outras inventadas tentando serem o mais corretas possíveis literariamente.

Já lá vai o tempo em que acompanhava os textos com algumas fotografias mas o meu servidor (SAPO) resolveu anular quase todas as fotos por mim publicadas dizendo não estarem de acordo com as suas políticas, independentemente de nos meus blogues informar constantemente tratarem-se de texto dedicados a maiores de 18 anos.

Reclamei várias vezes e nunca obtive resposta

Como sou só escritor e não informático por mim, não consegui resolver o problema, assim, por respeito com os meus leitores daqui e de além-mar, passei a escrever sem fotos o que lamentamos todos.

Tenho em carteira alguns contos embora longos que a seu tempo (falta sempre qualquer coisa) serão publicados

Para já aqui fica um poema que gostava de ter escrito, mas foi escrito por um amigo meu e que dedico a outro amigo que está longe.

Espero que gostem.

 

                    ATRAS DE TI

 

          É na sombra dos teus passos
          Que eu acendo o meu olhar
          E na curva dos teus braços
         Que os meus olhos sonham laços
          Que prendem o teu andar

 

          É com barcos de coragem
          A remar nos meus sentidos
          Que persigo a tua imagem
          A sonhar com a viagem
          Dos nossos corpos unidos

 

          É na noite abandonada
          De ruas frias e sós
         Que na sombra projectada
         Eu vejo na madrugada
         Farrapos da tua voz

 

         Essa sombra indefinida
        Onde não sei lá chegar
        Levou há muito perdida
        Toda a nossa imensa vida
        Que nunca pude alcançar

                            De F. C.C.

 

Qualquer semelhança com factos reais é mera coincidência, ou não! O geral ultrapassa a ficção

           Nelson Camacho D’Magoito

                “Declarações” (cn-272)

              Para maiores de 18 anos

                   © Nelson Camacho
2015 (ao abrigo do código do direito de autor)

Estou com uma pica dos diabos:
publicado por nelson camacho às 20:19
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Francisco a 20 de Maio de 2015 às 23:25
muda para o gogle lolololol
De nelson camacho a 21 de Maio de 2015 às 10:21
Vou mudar. Até por que pela estatística o gogle tem muitas mais visualizações. Espera que em breve sairão novos contos depois de fechar a porta ao Sapo. O nome, vou tentar que seja o mesmo "O Canto do Nelson II" Um abraço nc

Comentar post sem tretas

.No final quem sou?

.pesquisar

 

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. A busca de ser importante...

. Palavras de Hitler

. Um dia, num lar de idosos...

. Eu era homofóbico

. A prostituição mora no Pa...

. Um amigo colorido

. Namorados

. A Intrusa

. Sábado chato para um amig...

. Um Recado

.arquivos

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. Sai do armário e mãe pede...

. Eurovisão

. Depois de "All-American B...

. Raptada por um sonho ...

. Crónica de um louco senti...

. Terminei o meu namoro!!‏

. Dois anjos sem asas...

. Parabéns FINALMENTE!!!!

. Guetos, porque não?

. “Porque razão é preciso t...

.A Tua visita conta

web counter free

.Sempre a horas para criticar

relojes web gratis

.Art. 13, n.º 2 da Constituição

Ninguém pode ser privilegiado, benificiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual.
blogs SAPO

.subscrever feeds