Domingo, 27 de Dezembro de 2015

Não me esqueci

Palavras que gostava de te dizer sabendo que é o fim a meu e teu jeito.

 

     Não me esqueço o quanto fui feliz a teu lado, até me entregar de corpo e alma, lês-te bem… “de corpo e alma”. Só o fiz porque te amei mesmo assim, tudo mudou. O sentimento cada dia mais foi mais forte sabendo o nosso destino impossível!

     Tudo pode ter acabado mas acredita, acredita que jamais esquecerei o quanto te amei, o quanto desejei, o quanto te quis para sempre em minha vida! Acabou mas no meu coração, ainda não saíste, sabes porquê? Porque na verdade ainda te amo, ainda penso em ti, ainda te revejo nos meus sonhos, ainda me lembro do teu sorriso, do teu olhar da tua voz dos teus cheiros, principalmente quando éramos dois num só!

     Palavras que contámos em nossos ouvidos no sussurro das noites em que nossos corpos se embrenhavam em elevados sabores proféticos não voltarão a ser proferidas nem eu nem tu voltarão a ter quem as diga com tanto elevo. 

     Estas são as palavras que nunca te contarei não por estarmos longe um do outro mas porque isto é um desabafo que me vai na alma e que tenho de contar ao mundo num final de ano em que faço questão de fechar a porta que se tem mantido entreaberta esperando o teu regresso.

     Acabou!.. Finalmente, vou partir para outra. Chega!.. A tua fotografia não mais existirá na minha mesa-de-cabeceira mas sim no baú de recordações. O CD do Frank Sinatra com a canção “My Way” (Meu Jeito) que me ofereceste naquele Natal foi um presságio de um até sempre.

      No princípio da canção diz assim:

                    E agora o fim está próximo

                    Então eu encaro a cortina final

                    Meu amigo, Eu vou falar claro

                    Eu irei expor meu caso do qual tenho certeza

 

                   Eu vivi uma vida por inteiro

                   Eu viajei por cada e em todas as estradas

                   Oh, mais, muito mais que isso

                    Eu fiz do meu jeito

 

     Ainda hoje quando coloco na vitrola tal canção de Paul Anka reconheço ter sido a mais bela despedida que jamais tive. Ela fala também em arrependimentos ao mesmo tempo que fizeste o que tinhas de ter feito ao teu jeito.

     E agora? Sofremos os dois ou somente eu? Sofrer é para os fracos! Porque se eu não te amasse não te deixaria seguir em frente e ser feliz com outra pessoa que não sou eu!

     Foste o meu primeiro amor e isso, eu jamais esquecerei!

 Qualquer semelhança com factos reais é mera coincidência, ou não! O geral ultrapassa a ficção

           Nelson Camacho D’Magoito

            “Desabafos” (cn-282)

           Para maiores de 18 anos

               © Nelson Camacho
2015 (ao abrigo do código do direito de autor)

Estou com uma pica dos diabos: Livre e feliz
música que estou a ouvir: My Way
publicado por nelson camacho às 20:04
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 26 de Dezembro de 2015

Se pudesse falar com ...

Hoje fiquei baralhado. Com tantas festividades acabei por adormecer. Quando dei por mim era sábado e pensava ser se...

Ler artigo
Estou com uma pica dos diabos:
publicado por nelson camacho às 23:29
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 9 de Julho de 2013

A mentira do João II

Afinal de contas o Mário talvez tivesse razão. Ter sexo ao mesmo tempo que se vê um filme pornô talvez não seja o ...

Ler artigo
Estou com uma pica dos diabos:
música que estou a ouvir: Talvez eu morra na praia de Carlos Zel
publicado por nelson camacho às 05:49
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Sábado, 4 de Agosto de 2012

Frank Sinatra - ao fi...

Quando em criança de deleitava com os discos que minha Mãe comprava de Frank Sinatra e que se tornou numa referênci...

Ler artigo
Estou com uma pica dos diabos: e com saudades
música que estou a ouvir: Love Me Or Leave Me
publicado por nelson camacho às 07:23
link do post | comentar | favorito
|

.No final quem sou?

.pesquisar

 

.Fevereiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. Não me esqueci

. Se pudesse falar com Deus

. A mentira do João II

. Frank Sinatra - ao fim de...

.arquivos

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. Sai do armário e mãe pede...

. Eurovisão

. Depois de "All-American B...

. Raptada por um sonho ...

. Crónica de um louco senti...

. Terminei o meu namoro!!‏

. Dois anjos sem asas...

. Parabéns FINALMENTE!!!!

. Guetos, porque não?

. “Porque razão é preciso t...

.A Tua visita conta

web counter free

.Sempre a horas para criticar

relojes web gratis

.Art. 13, n.º 2 da Constituição

Ninguém pode ser privilegiado, benificiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual.
blogs SAPO

.subscrever feeds