Segunda-feira, 18 de Julho de 2016

DESINSERIDO

     Quem me lê sabe que raramente publico textos que não são meus. Hoje calhou um texto de um amigo meu. Fernando Campos de Castro

Vale a pena ler, reler e pensar.

DESINSERIDO

    “Sei que sou chato, mas mesmo assim insisto. Não acredito nas filosofias modernas. Naqueles que nos querem fazer acreditar no dia presente e não no futuro. Eu convivi e senti a pobreza absoluta e esses, pobres como JOB, perguntavam sempre: E amanhã, meu Deus? O que farei? Jamais esquecerei isso. Não havia dinheiro para comer, e muito menos para comprar palha para encher os colchões. Enchiam-se com carqueja seca, apanhada no monte. Mas era sempre a comida o mais difícil de conseguir, porque nessa altura o próprio chão misturado de carvão e terra, não ajudava. Hoje vejo pessoas a gastarem num dia o que era para um mês, a dizerem que o que importa é viver o dia. Depois cortam-lhe a água, a luz e sentem a ordem de despejo, por falta de pagamento da renda. Por isso sou um DESINSERIDO do tempo. Os próprios animais caçam e sabem guardar para quando não podem caçar. As formigas trabalham loucamente no Verão para no Inverno terem que comer, mesmo sabendo que as possamos matar com um simples spray.

       O que falta ao Homem de hoje é responsabilidade, talvez porque saiba que no dia em que lhes faltar comida há sempre alguém ou alguma Instituição que o ajuda e acode. Hoje acho que não lhe devemos dar o peixe, mas sim ensiná-lo a pescar. Nunca sabemos quando morremos, mas como pessoas dignas devemos pensar nisso, e não dizer como é usual hoje em dia: mesmo sem dinheiro, ninguém nos quer em casa e alguém nos há-de fazer o funeral…. Isto é ignominioso, porque até na morte, uma pessoa que se preze e seja digna, merece sempre uma morte digna.

      Por isto e outras coisas, me sinto cada vez mais desinserido deste mundo louco.

    Sempre pedi a Deus ter granito em lugar do coração, e ELE parece que está a fazer-me a vontade.

FCC”

               Nelson Camacho D’Magoito

                  Textos ao acaso (295)

               Para maiores de 18 anos

                   © Nelson Camacho
2016 (ao abrigo do código do direito de autor)

publicado por nelson camacho às 21:26
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 25 de Julho de 2014

Acontece aos mais inc...

Acontece aos mais incautos A solidão também mata Pode dizer-se que três meses é muito tempo para uns e para ou...

Ler artigo
Estou com uma pica dos diabos: Livre de preconceitos
música que estou a ouvir: Pomba branca, Pomba branca
publicado por nelson camacho às 05:03
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Segunda-feira, 15 de Julho de 2013

Um menino de 10 anos

Desde 2007 que ando por aqui a debitar coisas e loisas do quotidiano da vida tal como eu a entendo e por experiências vi...

Ler artigo
Estou com uma pica dos diabos:
publicado por nelson camacho às 20:56
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Quarta-feira, 29 de Fevereiro de 2012

A Puta da realidade

Eles vão continuar a sacar, sacar, sacar cada vez mais a este povo que já tem fome, Mas como ele vai à Igreja todo...

Ler artigo
Estou com uma pica dos diabos:
música que estou a ouvir: Enquanto à força
publicado por nelson camacho às 13:31
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 28 de Fevereiro de 2012

Pobreza nas ruas de L...

Meus Deus!... Estou farto!... Um dia por insistência de uma amiga – até foi ela que me inscreveu -aderi ao faceb...

Ler artigo
Estou com uma pica dos diabos: Desculpem mas eu sou assim
música que estou a ouvir: a morte saiu à rua
publicado por nelson camacho às 18:43
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2012

Um texto ao acaso

Um texto ao acaso num tempo que sobra na vida. Já eram para aí uma meia-noite quando alguém que tinha estado a ler t...

Ler artigo
Estou com uma pica dos diabos: Bem felizmente
música que estou a ouvir: Eles comem tudo eles comem tudo
publicado por nelson camacho às 22:02
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2011

É quase Fim de Ano

É quase Fim de Ano e os meus olhos deitam lágrimas Não as lágrimas de saudade de um tempo que já não volta nem d...

Ler artigo
Estou com uma pica dos diabos: triste com tanta pobreza
música que estou a ouvir: Os Vampiros (de José Afonso)
publicado por nelson camacho às 00:51
link do post | comentar | favorito
|

.No final quem sou?

.pesquisar

 

.Fevereiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. DESINSERIDO

. Acontece aos mais incauto...

. Um menino de 10 anos

. A Puta da realidade

. Pobreza nas ruas de Lisbo...

. Um texto ao acaso

. É quase Fim de Ano

.arquivos

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. Sai do armário e mãe pede...

. Eurovisão

. Depois de "All-American B...

. Raptada por um sonho ...

. Crónica de um louco senti...

. Terminei o meu namoro!!‏

. Dois anjos sem asas...

. Parabéns FINALMENTE!!!!

. Guetos, porque não?

. “Porque razão é preciso t...

.A Tua visita conta

web counter free

.Sempre a horas para criticar

relojes web gratis

.Art. 13, n.º 2 da Constituição

Ninguém pode ser privilegiado, benificiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual.
blogs SAPO

.subscrever feeds