Sexta-feira, 14 de Fevereiro de 2014

Uma hora de tempo

não tenho tempo - nelson camacho

     A família deve ser o mais importante para si. Nós sabemos que o trabalho é importante para o seu sustento e da vossa família, mas esta deve estar em primeiro lugar seja ela qual for. Sem tempo para dar e receber afectos a sua vida não vale nada.

  

     Leia esta história e no fim oiça o poema.

-----------------****---------------

    FILHO: "Pai, posso fazer uma pergunta?"

 

    PAI: "Sim, claro, o que é?"

 

    FILHO: "Pai, quanto você ganha em uma hora?"

 

    PAI: "Isso não é da sua conta, por que você pergunta uma coisa dessas?"

 

    FILHO: ". Eu só quero saber - Por favor diga-me, quanto você ganha em uma hora?"

 

    PAI: "Se você quer saber, eu ganho 100 Euros por hora."

 

    FILHO: "Oh (com a cabeça para baixo)

 

    FILHO: "Pai, posso pedir por favor 50 Euros?"


     O pai se enfurece.


        - Se a única razão que você perguntou é essa , para conseguir algum dinheiro e comprar mais um brinquedo ou alguma outra coisa sem sentido? Vá directo para o seu quarto, e para sua cama. Pense o por que você está sendo tão egoísta. Eu trabalhando duro todos os dias para ver tal comportamento infantil.

     O menino foi calado para o seu quarto e fechou a porta.


     O homem sentou e começou a ficar ainda mais nervoso sobre as questões do menino e pensou:

 

     “Como ele ousa fazer tais perguntas só para conseguir algum dinheiro?”

 

      Depois de cerca de uma hora, o homem tinha se acalmado e começou a pensar:
     Talvez houvesse algo que ele realmente precisasse comprar com esses 50 Euros, Ele realmente não pedia dinheiro com muita frequência.

     O homem foi até a porta do quarto do menino e abriu a porta.

 

         - Você está dormindo, meu filho?

 

         - Não pai, estou acordado

 

         - Eu estive pensando, talvez eu tenha sido muito duro com você antes. Tive um longo dia e não deveria ter descontado meu stress em você. Aqui estão os 50 Euros que você pediu.

 

     O menino levantou-se sorrindo.

 

        - Oh, obrigado pai!.

 

     Então, afastando seu travesseiro puxou algumas notas amassados.

     O homem viu que o menino já tinha algum dinheiro, começou a se enfurecer novamente.

     O menino lentamente contou o seu dinheiro, e em seguida olhou para o pai. Que sem perceber e ainda irritado:

 

     "Por que você quer mais dinheiro se você já tem? "

 

        - Porque eu não tinha o suficiente, mas agora já tenho. Pai! Agora já tenho 100 Euros. Posso comprar uma hora do seu tempo? Por favor, venha para casa amanhã cedo. Gostaria de jantar com você.

 

     O pai foi esmagado. Ele colocou os braços em volta de seu filho, e pediu o seu perdão.


      Esta história é apenas uma pequena lembrança a todos vocês que trabalham arduamente na vida.
     Não devemos deixar o tempo passar através dos nossos olhos sem ter passado algum tempo com aqueles que realmente importam para nós, os perto de nossos corações.
     Se morrermos amanhã, a empresa que estamos trabalhando, poderá facilmente substituir-nos em uma questão de dias. Mas a família e amigos que deixamos para trás irão sentir essa perda para o resto de suas vidas. E chegou a pensar nisso, nós derramamo-nos mais em trabalho do que a nossa família


     Algumas coisas são mais importantes. Amar enquanto há tempo!!!

 

Não Tenho Tempo poema de Neimar de Barros, dito por Vitor de Sousa

As fotos aqui apresentadas são livres de copyright e retiradas da Net.

Qualquer semelhança com factos reais é mera coincidência, ou não! O geral ultrapassa a ficção

 

             Nelson Camacho D’Magoito

                       “Contos DR”

                  © Nelson Camacho
    2014 (ao abrigo do código do direito de autor)

música que estou a ouvir: Igreja de Santo Estevão
publicado por nelson camacho às 20:45
link do post | comentar | favorito
|

.No final quem sou?

.pesquisar

 

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. A busca de ser importante...

. Palavras de Hitler

. Um dia, num lar de idosos...

. Eu era homofóbico

. A prostituição mora no Pa...

. Um amigo colorido

. Namorados

. A Intrusa

. Sábado chato para um amig...

. Um Recado

.arquivos

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. Sai do armário e mãe pede...

. Eurovisão

. Depois de "All-American B...

. Raptada por um sonho ...

. Crónica de um louco senti...

. Terminei o meu namoro!!‏

. Dois anjos sem asas...

. Parabéns FINALMENTE!!!!

. Guetos, porque não?

. “Porque razão é preciso t...

.A Tua visita conta

web counter free

.Sempre a horas para criticar

relojes web gratis

.Art. 13, n.º 2 da Constituição

Ninguém pode ser privilegiado, benificiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual.
blogs SAPO

.subscrever feeds