Sexta-feira, 22 de Dezembro de 2017

O Tempo antigo

COMO SE VIVIA NOS ANOS 60/70 E COMO SE VIVE AGORA.

Você viveu a sua infância ou adolescência entre os anos 60 e 70? Então vamos fazer uma viagem no tempo, afinal recordar é viver, Como foi possível sobreviver naquela época? Os carros não tinham cinto de segurança, apoio para a cabeça, nem Airbag. Nós ia-mos no banco de trás, fazendo aquela farra e não tinha nenhum perigo. As camas tinham grades, os brinquedos largavam as peças e eram pintados com uma tinta qualquer. Não havia grades nas janelas nem cercas elétricas ou alarme nos carros. A gente andava de bicicleta para lá e para cá sem capacete, joelheiras ou cotoveleiras. Bebia-mos água sem ser filtrada, de uma mangueira sem nos preocupar com água mineral em garrafa supostamente esterilizada. Construímos carrinhos de rolamentos e aproveitava-mos as descidas para brincar com os amigos, os chinelos e sapatos eram usados como freio. Depois de alguns acidentes tudo ficava resolvido… e a gente continuava a ser feliz. A gente brincava na rua com a condição de voltar para casa ao fim da tarde para fazer os trabalhos que trazia-mos da escola, pois tinha-mos escola de manhã e o resta da tarde para brincar. Quando apanhava-mos piolhos usava-mos NIOCID EM PÓ. Gesso no braço, dente lascado, arranhões, galo na cabeça, alguém se importava? Comia-mos doces à vontade, não se falava em obesidade, nosso refrigerante era comprado na loja da esquina e dividido com os amigos, de gole em gole e ninguém nunca morreu por causa disso. Não existia Playstation, telemóvel, mp4, computadores, internet, mas existiam amigos. Nossos programas de TV e desenhos animados eram sem violência e maldade. Nossos cães eram super-cães, nada de ração, comiam restos de comida, não existiam boutique de animais, seus banhos não tinham shampoo, água quente nem nada disso, no quintal um segurava o cão e ou outro esfregava com uma barra de sabão e nenhum cão ficou doente ou morreu por causa disso. Nosso mundo era tranquilo e seguro, jogava-mos a bola na rua sem preocupações e se algum não fosse escolhido para jogar, não ficava frustrado ou com traumas, era tudo brincadeira. Na escola os bons passavam de ano, os maus reprovavam e tinham a chance de aprender no ano seguinte e ninguém ia ao psicólogo ou terapeuta para não crescer com frustrações e desvios de personalidade. Nosso mundo era mais coerente. Nossas festas eram animadas por um gira-discos com agulha de diamante deslizando sobre os discos de vinil e apagava-mos a sede com um refresco de groselha. Tinha-mos liberdade, fracassos, sucessos e deveres… e aprendemos a lidar com cada um deles. A verdadeira questão é, vivemos uma época maravilhosa que não voltará jamais, conseguimos desenvolver nossa personalidade, sabendo discernir o certo do errado, por certo quem não viveu esta época, pode achar que tudo era uma chatice,,,mas nós sabemos, COMO ERA-MOS FELIZES.

 

Qualquer semelhança com factos reais é mera coincidência, ou não! O geral ultrapassa a ficção

             Nelson Camacho D’Magoito

          “De Autor desconhecido”(318)

               Para maiores de 18 anos

                   © Nelson Camacho
2017 (ao abrigo do código do Direito de Autor)

publicado por nelson camacho às 01:15
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 22 de Dezembro de 2017

Afinal ele tinha outr...

Na Praia Grande conheci uma moça simpática e atraente Afinal ele tinha outro! Normalmente, sou um tipo pacato. Não so...

Ler artigo
publicado por nelson camacho às 01:09
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 22 de Dezembro de 2017

Que Deus lhe page

O último Conto deste ano – espero que gostem e comentem - O Testamento E se fosse contigo o que farias? Tu que és pai....

Ler artigo
publicado por nelson camacho às 00:38
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 3 de Outubro de 2017

A busca de ser import...

O pensamento positivista que foi até considerado como uma religião humanista que propunha libertar o homem dos mitos que...

Ler artigo
Estou com uma pica dos diabos:
publicado por nelson camacho às 16:33
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 26 de Setembro de 2017

Palavras de Hitler

PARA TODOS AQUELES QUE PENSAM QUE SÃO LIVRES "Numa das suas reuniões, Hitler pediu que lhe trouxessem uma galinha. Agar...

Ler artigo
publicado por nelson camacho às 16:35
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 26 de Setembro de 2017

Um dia, num lar de id...

A última carta de uma idosa Pouco antes de morrer, uma idosa escreveu quem ela era realmente. Quando ela partiu deste mu...

Ler artigo
Estou com uma pica dos diabos: Triste
música que estou a ouvir: Ó Tempo volta p'ra trás
publicado por nelson camacho às 14:58
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 25 de Setembro de 2017

Eu era homofóbico

Nasci como se diz com tudo no sítio e num ambiente familiar bastante religioso desde escolas privadas e uma formação rel...

Ler artigo
Estou com uma pica dos diabos:
música que estou a ouvir: Nossa Senhora
publicado por nelson camacho às 18:22
link do post | comentar | favorito

.No final quem sou?

.pesquisar

 

.Dezembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. O Tempo antigo

. Afinal ele tinha outro!

. Que Deus lhe page

. A busca de ser importante...

. Palavras de Hitler

. Um dia, num lar de idosos...

. Eu era homofóbico

. A prostituição mora no Pa...

. Um amigo colorido

. Namorados

.arquivos

. Dezembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. Sai do armário e mãe pede...

. Eurovisão

. Depois de "All-American B...

. Raptada por um sonho ...

. Crónica de um louco senti...

. Terminei o meu namoro!!‏

. Dois anjos sem asas...

. Parabéns FINALMENTE!!!!

. Guetos, porque não?

. “Porque razão é preciso t...

.Art. 13, n.º 2 da Constituição

Ninguém pode ser privilegiado, benificiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual.
blogs SAPO

.subscrever feeds